terça-feira, 30 de agosto de 2016

HOJE, DIA INTERNACIONAL DA ESCLEROSE MÚLTIPLA - POR LIÈGE MELO


Família Melo Viana, Liège e Wilson, com as filhas Liginha, Larissa e a netinha Nanda.

COMPARTILHO O TEXTO A SEGUIR PARA REFLEXÃO.

Passados 02 ( dois) anos da postagem original , informo aos queridos amigos que tenho acompanhado o desenvolvimento de pesquisas científicas importantes em busca da real origem da esclerose:

Hoje, dia 30 de agosto é o dia internacional da ESCLEROSE MÚLTIPLA.

Como tal enfermidade é praticamente desconhecida da maioria dos brasileiros, a mídia, com raras exceções não tem interesse em fazer qualquer abordagem sobre o assunto.

Há 11(onze) anos , em 2003, fui diagnosticada como portadora de esclerose múltipla, moléstia autoimune que atinge o sistema nervoso central, incapacitante e até o momento tida como incurável.

É praticamente impossível transcrever como me senti nos primeiros anos...eu, até então, uma profissional no topo de sua força laborativa, casada e com duas filhas adolescentes, me vi forçada a repensar tudo sobre o meu universo pessoal, principalmente sobre quem era a Liège real, alguém além da imagem que diariamente via no espelho.

Psicologicamente Graças a Deus, aos meus familiares e amigos e a um tratamento psicoterapêutico, fui me reconhecendo como alguém além da advogada, da mãe, da filha, da esposa, da amiga....um ser simples e complexo que pode voar sem asas e navegar mesmo quando o barco parece que está afundando...

Nesta constante reconstrução enfrento a tristeza de ter consciência que não poderei fazer muitas coisas que antes eu fazia sem me dar conta como andar e falar com desenvoltura, ....mas, o mais importante é que eu ando...ando com dificuldades, com bengala, as vezes com cadeira de rodas...isto me faz valorizar bem mais minhas pernas, elas continuam integradas ao esforço dos meus movimentos; quanto a verbalização dos meus anseios, quando canso de falar, escrevo...me reencontrei com a prosa e a poesia que praticamente tinha abandonado desde que saí de Triunfo. Enfim creio que realmente passei a valorizar mais a vida e sua efemeridade...os dias, os instantes com seus fatos e personagens.

Quanto ao combate a esclerose múltipla, vivemos medindo forças...durante 09 anos fiz uso de interferons, há pouco mais de um ano faço uso de natalizunabe. Tais tratamentos tem sido realizados no Hospital da Restauração, através do SUS,onde todos os portadores de esclerose múltipla são muito bem cuidados pela equipe da neurologia o quem muito agradeço.

Finalizando esta postagem gostaria de recomendar aos amigos que tem curiosidade a respeito de doenças raras que entrem no site da Associação Brasileira de Esclerose Múltipla pois nesses últimos anos da minha vida os maiores problemas que tive que enfrentar, muitas vezes tendo que me socorrer no Poder Judiciário, tiveram origem no desconhecimento das pessoas sobre a Esclerose Múltipla e suas complicações.

Desejando contar com a atenção/reflexão dos queridos amigos a respeito da doença a qual este 30 de agosto é dedicado, almejo saúde, muita saúde em seu sentido mais amplo a todos...BOA NOITE.

Poetisa Liège Melo

3 comentários:

  1. Parabéns Liége, você é uma guerreira.

    ResponderExcluir
  2. Joselaide Vasconcelos30 de agosto de 2016 20:43

    Belíssimo texto!
    Parabéns, minha querida amiga, Liége!
    És um exemplo para muitos...
    És vitoriosa, porque sabes enfrentar, sem te abateres, essa enfermidade que tem limitado as tuas ações.
    Tua forma de viver tem contrariado a muitos diagnósticos. Em ti há força! Em ti há vida!
    Forte abraço, minha querida amiga!

    ResponderExcluir
  3. Exemplo de força e superação... Parabéns, Liege de Melo!! Também tô nessa... Enfrentando...Lutando... Resistindo...Perseverando..

    ResponderExcluir

Caro leitor, seja educado em seu comentário. O Blog Opinião reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório e ofensivo, como também os que contenham palavras de baixo calão. Solicitamos a gentileza de colocarem o nome e sobrenome mesmo quando escolherem a opção anônimo. Pedimos respeito pela opinião alheia, mesmo que não concordemos com tudo que se diz.
Agradecemos a sua participação!

NOSSOS LEITORES PELO MUNDO!