sexta-feira, 30 de setembro de 2016

NOSSA EDUCAÇÃO MUNICIPAL NECESSITA AVANÇAR - POR CARLOS FERRAZ





Apesar da continuada divulgação de que o Município de Triunfo constitui-se no maior destaque na área de Educação da Região do Pajeú - aproveitando a imagem única que se tinha  no passado,  divulgado em Pernambuco e outros Estados, por conta do fenomenal e saudoso Colégio Stella Maris, conduzido exemplarmente pelas freiras alemães da Ordem Maristela .Vale investir e insistir na proposta, que traduz o notável desempenho no IDEB. No entanto, somos obrigados a dividir prestígio atualmente com municípios recém-emancipados em pleno desenvolvimento, sem ainda aquele tamanho conceito tradicional, igual: Quixaba e Santa Cruz da Baixa Verde, e outras localidades sem o ritmo educacional quase centenário como o "Oásis do Sertão".Embora tenha-se a maior admiração e respeito pelo empenho desses organizados educandários e esforçados corpos docentes.Então passa a ser ótima conquista, mas não tão fantástica assim,como deseja-se apesar da vibração com a classificação. Entendam ...deseja-se  muito mais e mais...

Considera-se que diferenciadas notas obtidas bastante satisfatórias da educação fundamental não conseguem portanto refletir a mesma realidade substancial da trajetória educacional municipal passada, talvez inesquecível. Também justifica-se reconhecer existência  de menor interesse em administrações anteriores, onde comprovou-se algum desamparo,  no qual jovens foram submetidos aos longo dos anos dentro de modelo superficial e estilo mascarado, resultando pouco resultado satisfatório .Da nossa parte, acreditou-se sempre, que esse resgate deveria ser iniciado logo na infância com atuação conjunta  de educandários públicos e privados locais. Devendo ser procurada a participação de Agentes de Saúde, Agente de Educação a ser introduzido e equipes do programa de Bolsa Família, que podem contribuir no objetivo de mapear, por localidade, as crianças que estão fora da escola ou com baixo desempenho.  



Para não relaxar essa linhagem exemplificada, sugerida e adquirida,  muito necessário se faz, o quanto antes promover a inclusão social dos adolescentes que na grande maioria estão completamente desinteressados em aprender algo que possa significar ganhos futuros. Através de medidas como a retomada da escolarização qualificada, exigindo frequência assídua e investimento na questão profissional, atenção à saúde, atividades esportivas, cultura e formação digital para aqueles que têm entre 15 e 24 anos.Observa-se que muitos estão desassociados da escola nos bairros da periferia triunfense e sítios polo, além dos distritos ( Vila Canaã e Vila Jericó ), sem quaisquer perspectivas, promessas de emprego e as necessárias disposições de estudar e trabalhar. Lamenta-se grande parte dos deslocamentos das suas origens rurais,  para educandários do Centro, nos transportes públicos,  sendo desviadas para esquisitas e condenáveis permanências nas praças, lan houses e bares,

A esse indesejável sistema nocivo que prejudica e alicia grande número de alunos, principalmente do turno noturno, poderia aos poucos sendo utilizados modelos de combate natural, através de incentivos mínimos, como estipulando um considerável limite de bolsas . Essas sendo conseguidas junto a empresários que se disponham contribuir no ousado projeto social que sonha-se implantar no território faz tempo.No entanto, quando reivindica-se, alegam impossibilidade e consideram projeto a ser adotado mais adiante, devido a ausência de recursos. É uma justificativa impotente, acomodada, pobre de espírito e  que não convence quem realmente deseja introduzir qualquer administração inovadora por atitudes realistas, limpas e palpáveis.Sendo inaceitável também a não valorização dos abnegados professores da rede municipal que são dignos de melhores e mais justos salários, cursos de aperfeiçoamento, atualização através de respectivas universidades e condições de trabalho outros.Deseja-se o melhor para Triunfo em todos os setores...








Por: Carlos Ferraz
        Editor/Triunfo - PE

4 comentários:

  1. Muito bom saber que Triunfo alcançou meta e conquistou notas ambiciosas. Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. A educação vai sofrer modificações a partir de 2017, espero que finalmente seja para melhor e adotem melhores critérios para o acesso dos estudantes nos programas, dando mais valor ao professor.

    ResponderExcluir
  3. José Ricardo F. Diniz29 de setembro de 2016 10:10

    Dia da eleição está chegando e, por mais que tentemos escolher um candidato honesto e trabalhador para a Câmara de Vereadores desta cidade, sabemos que está difícil.Para a Prefeitura Municipal é tudo igual, somente trocaram de lado, nada muda, porém o eleitor daqui não está preocupado com os males que esses candidatos tenho realizado no passado. Tenhamos consciência de que o voto é a nossa única arma para os próximos quatro anos. Parece uma visão romântica das coisas, mas estamos fadados a morrer tentando.

    ResponderExcluir
  4. Pelo que eu sei, Paulo Freire não é bem visto pelos que agora estão no poder, tampouco pelos que os apoiam.

    ResponderExcluir

Caro leitor, seja educado em seu comentário. O Blog Opinião reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório e ofensivo, como também os que contenham palavras de baixo calão. Solicitamos a gentileza de colocarem o nome e sobrenome mesmo quando escolherem a opção anônimo. Pedimos respeito pela opinião alheia, mesmo que não concordemos com tudo que se diz.
Agradecemos a sua participação!

NOSSOS LEITORES PELO MUNDO!