quarta-feira, 4 de novembro de 2015

ANO ELEITORAL, PERSPECTIVAS DE MUDANÇAS NA POLÍTICA DE TRIUNFO - POR MARCOS FLORENTINO



Prezado conterrâneo Williams Terto

Estive ausente do face, e consequentemente do blog, por motivos particulares, mas, mesmo não postando nenhum comentário, sempre estive curtindo suas publicações. Quero parabeniza-lo pela postura assumida durante todos estes anos em que esteve radicado na nossa cidade, denunciando a prática da corrupção que se instalou no poder público nos últimos anos, e também, cobrando a eficácia das políticas públicas que há muito deixou de existir nos últimos anos dessa gestão desastrosa.

Todos os anos que antecedem o ano eleitoral, a mesma história se repete, o gestor atual usa de todos os artifícios para tentar se reeleger, ou apresenta alguém que apresente o perfil político por ele delineado, alguém que durante os quatro anos de gestão, faça tudo direitinho como assim determina seu patrocinador, de forma que, nada mude nas ações a serem desenvolvidas, que continue alimentando os seus cabos eleitorais com a oferta de migalhas, e que continue aliciando mais e mais cabeças para aumentar o seu rebanho.

Nada muda, porque aparentemente, toda a sociedade Triunfense demonstra estar satisfeita com as políticas públicas desenvolvidas pelo gestor em exercício. Aceita pacificamente as decisões tomadas na calada da noite, com a conivência de uma câmara de vereadores que vive sob o julgo desse gestor, aceitando passivamente todas suas decisões em troca de alguns benefícios em seu favor.

Não se pode esperar de um gestor público, nada que venha beneficiar de fato a maioria da população, inclusive, a mais carente, quando não se tem uma câmara de vereadores politicamente independente, que possa cumprir o seu dever constitucional de fazer oposição às atitudes que venham ferir o direito da população que o elegeu.

Os resultados advindos de uma gestão sem comprometimento com as causas sociais são comprometedores, e que, na maioria das vezes, causam prejuízos irreparáveis do ponto de vista socioeconômico, como foi o caso da extinção e transferência do Matadouro Público para o município de Santa Cruz da Baixa verde, sem que houvesse uma consulta pública a sociedade, e tampouco a aprovação da câmara de vereadores.

A falta de vontade política tem afetado o desenvolvimento econômico e turístico da nossa cidade, basta ver todas as festas tradicionais sucumbindo ano a ano, cada vez mais os investimentos públicos vão deixando de existir, obrigando a sociedade a assumir o papel que não lhe é de direito.

A prática do faz de conta, é um comportamento inerente à figura do Gestor Público, e que vem se agravando nos últimos anos por conta dos escândalos praticados pelos políticos em todas as esferas, sem se preocuparem nem um pouco com a repercussão que possa vir a causar. E não poderia ser diferente também na nossa cidade, aliás, como já é público e notório, escândalos no poder público de Triunfo não é nenhuma novidade, basta acompanhar as notícias veiculadas nos meios de comunicação.
 
Quem não conhece Triunfo a fundo, que só enxerga a beleza e magia dos seus pontos turísticos, jamais acreditaria que nesta cidade tão bela e pacata, pudesse existir tanta corrupção no poder público.
 
Apesar de todas as manobras políticas exercidas pelos gestores atuais, afim de eleger seu sucessor, os Triunfenses têm uma nova chance de mostrar aos gestores atuais, que eles nunca os representaram verdadeiramente, e que já está na hora de dar um basta neste estado de continuísmo, que tanto mal tem causado a nossa cidade.

Ano que vem, as esperanças de mudanças no quadro político de Triunfo se renovam, e os Triunfenses terão na figura do conterrâneo Williames Terto, batalhador, guerreiro, comprometido com as causas sociais da nossa terra, a oportunidade de mostrarem sua indignação com os desmandos que vem acontecendo, o elegendo para suceder a gestão atual, dando seu grito de independência, e gritando bem alto” RETROCESSO NUNCA MAIS.



Por: Marcos Antônio Florentino

6 comentários:

  1. voltou pra agitar no pedaço, mais terto o parcero num deu bola.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    2. Aqui vai um conselho: Palavras são como granada:ditas com imperícia, explodem na boca

      Excluir
  2. Márcio José da Silva6 de novembro de 2015 13:45

    E com toda razão, necessita-se na cidade de gente independente que ajude a fazer pressão contra a corrução,uma vez que a população é covarde e omissa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  3. QUEM PAGA IMPOSTOS NÃO TEM QUE PEDIR'FAVORES'A NENHUM GESTOR PÚBLICO.

    ResponderExcluir

Caro leitor, seja educado em seu comentário. O Blog Opinião reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório e ofensivo, como também os que contenham palavras de baixo calão. Solicitamos a gentileza de colocarem o nome e sobrenome mesmo quando escolherem a opção anônimo. Pedimos respeito pela opinião alheia, mesmo que não concordemos com tudo que se diz.
Agradecemos a sua participação!

NOSSOS LEITORES PELO MUNDO!