sexta-feira, 20 de novembro de 2015

SALVE-SE QUEM PUDER ... POR LUIZ SAUL





O picadeiro está com a adrenalina no topo, mas necessitando de reforçar o estoque de gardenal e rivotril. Nunca o salve-se quem puder esteve tão presente, neste momento em que o sistema ameaça moer algumas carreiras.

O PMDB, por exemplo, com o projeto Ponte para o Futuro, expôs sem qualquer novidade a sua tradicional versão fisiologista, na qual fica combinado que uma metade fica na oposição e outra na situação, ambiguidade essa que lhe garante uma fatia de poder em qualquer cenário. Tão chinfrim quanto os demais, esse partido ensaia um balão de candidato próprio até que a prostituição política o reconquiste. O Temer diz que não é candidato, mas articula a desvinculação de suas contas das da dilma, no TSE, para, na hipótese de impeachment, apresentar-se como salvador. 

Aliás, falando em impostura política e em PMDB, o velho Sarney terá que renovar suas fichas no cassino da Esplanada, especialmente após a operação da Polícia Federal que desvendou novo esquema de desvios de dinheiros públicos, no Maranhão, envolvendo o então Secretário da Saúde, Ricardo Murad, cunhado de Roseana Sarney, quando a filha do morubixaba era governadora daquele Estado. Como por aqui tudo é batizado, chamou-se a operação de Sermão dos Peixes, que envolveria algo como R$ 2 bilhões.

Ainda na área criminal e do PMDB, os seguidores do Eduardo Cunha intentam desclassificar as mentiras do chefe que apontariam para a sua cassação, para, digamos, um pecado menor que delimite a sua penitência em apenas uma suspensão, uma censura pública, ou qualquer coisa assim. Como o relator do processo contra o Cunha, o deputado Fausto Pinato (PRB-SP) é também réu em processo por falso testemunho (pasme o distinto público!), poderia ser alvo de chantagem com a certeza de que quando chegar a sua vez, o pau que deu em Francisco haverá de dar no Chico. Afinal mentira e falso testemunho são sinônimos. E se não fossem, restariam a ira e a vendeta. 

Enquanto isso, do outro lado da rua, a dilma deve estar cantarolando uma canção búlgara ensinada pelos pais, depois que o Congresso confirmou o veto ao aumento do Judiciário. Esse avanço no já desmantelado Ajuste Fiscal do Levy, em que pese a vitória, sugere também o perfeito esfacelamento de sua base, na medida em que a aprovação se deu por meros seis votos. Significa que quando não houver mais cargos e vantagens no balcão dos negócios, voltará a arrastar correntes pelos corredores do Planalto.

Aliás, a dilma é a dilma, né? Outro dia, eu soube que, entregando obras da Minha Casa Minha Vida, ela ministrou uma aula magna sobre patrimônio e família, concluindo que as casas têm tijolos, cerâmica e uma janela para ver o mundo, e finalmente que a “mãe é essencial”. Não diga! Ouvi o pronunciamento até o final em que a sapiens trata do da porta pra fora e do da porta pra dentro. Insigne mestra do conhecimento e inspiradora das minhas gargalhadas!

E o Lula, hein! Quanto mais se anima para 2018 mais os Bumlai e os filhos miram para abater o projeto em pleno ar. Agora mesmo, se os membros da CPI do BNDES não afinarem ou compuserem um acordo de porão, ou ainda, se os petistas não manobrarem para desclassificar o depoimento, ou mesmo se o José Carlos Bumlai não conseguir um habeas corpus para não responder às perguntas, pode começar o naufrágio do Barba.
Vale notar que a turma salve-se quem puder do Grupo Schahin já está entregando tanto o Lula quanto o Bumlai quanto às manobras financeiras casadas com negociatas de influência na realização de contratos entre o público e o privado.
Haja gardenal, haja rivotril!



Por: Luiz Saul Pereira
        Jornalista

Um comentário:

  1. José Félix da Silva23 de novembro de 2015 11:48

    Sr. Willian Terto Melo, o senhor vem fazendo serias e graves acusações contra o prefeito e toda a sua equipe e contra João Batista. O senhor me prometeu que que o prefeito ia ser cassado, que João Batista ia ser preso e que Lula Baião e toda a sua família iriam ser expulsos dos terrenos invadidos. Até agora nada aconteceu. O senhor disse aqui neste conceituado jornal, que haviam vários processo na justiça contras estas pessoas. Desafiei o senhor a mostrar estes processos, marquei com o senhor na frente do fórum, por mais de 03 vezes, e o senhor não. Agora vem dizer que tem compra de votos? Porque não denuncia? O senhor não é advogado? Tudo enrrolação. O senhor é candidato a prefeito, com o apoio de de Eduardo Melo, Maninho Melo, Lula Baião e Gilson do Pará, que ninguém sabe que ele faz em São Paulo.É tudo mentira, afinal o senhor é MELO e não assume. CUIDADO POVO.

    ResponderExcluir

Caro leitor, seja educado em seu comentário. O Blog Opinião reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório e ofensivo, como também os que contenham palavras de baixo calão. Solicitamos a gentileza de colocarem o nome e sobrenome mesmo quando escolherem a opção anônimo. Pedimos respeito pela opinião alheia, mesmo que não concordemos com tudo que se diz.
Agradecemos a sua participação!

NOSSOS LEITORES PELO MUNDO!