sábado, 5 de dezembro de 2015

O IMPEACHMENT DE DILMA E O COMBATE A CORRUPÇÃO - POR RUY PATU


A má gestão do governo Dilma ultrapassou os limites da prevaricação e da leniência com a corrupção partidária.


O governo federal foi loteado e dilapidado.
Só isso já justificaria o seu impeachment.

A renúncia seria o ato mais honroso e menos constrangedor para a Presidente.
Mas tudo isso seria muito pouco diante da crise moral, política, econômica e social gerada pelo atual governo.

O seu partido, o PT, é mentor e o maior responsável e beneficiário de todas as mazelas praticadas nas gestões Lula/Dilma.

Todas as provas dessas afirmativas são claras e irrefutáveis.
Então, é preciso ir mais longe: punir severamente os culpados, tanto financeira como penalmente, mas também reformar os sistemas de governo e político-eleitoral para que crises como essa não mais se repitam.

É preciso adotar:

a) um sistema de governo que torne mais técnica - menos política - a escolha dos governantes, cuja permanência dependa da confiança de quem os escolheu e de sua competência para governar;
b) um sistema político-eleitoral que não privilegie candidatos endinheirados e oportunistas sem formação partidária e ideológica.
Enfim, não basta punir os corruptos; é preciso reformar o Estado para evitar a corrupção.
Senão, outros virão!



Por: Dr. Ruy Patu
        Jurista


7 comentários:

  1. Começou a guerra do impeachment,,,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sérgio Luiz Gomes6 de dezembro de 2015 10:16

      Dilma veio a Recife e fez afagos ao vice do PMDB.Ela tem pressa.A estratégia do governo de propor o cancelamento do recesso parlamentar, apressando a tramitação do processo de impeachement, tem a ver com a contabilidade de votos pró-Dilma na Câmara. O tempo joga contra ela: quando mais a comissão demorar para fazer seu trabalho, menos chances a presidente tem de manter-se no cargo. O governo ficará "sangrando" até a definição do impeachment.

      Excluir
  2. Eduardo Jorge Monteiro6 de dezembro de 2015 06:39

    Será um processo longo e traumático para ambos corruptos, demorada e desgastante.Mas Dilma precisa, apenas, do apoio de 170 deputados e 27 senadores.No meio dessa canalhada que forma o Congresso Nacional, consegue fácil. Daí a quadrilha do PT continuará aprontando os maiores absurdos em nome da legalidade popular concedida através das urnas.Defender esse pessoal hoje é mais de que um desserviço à nação brasileira.O que esse pessoal descarado aprontou em nome da democracia não é fácil esquecer tão cedo.

    ResponderExcluir
  3. Belo post Ruy, mas infelizmente nossa sociedade está enraizada com as mazelas advindas da corrupção. Mas sonhemos em dias melhores!

    ResponderExcluir
  4. Vejam, estava-se esperando o afastamento do CUNHA,( ladrão dos maiores) como não houve a tal votação para sua anistia,de repente veio o pedido de impeachment da presidente Dilma. Eu pergunto; o CUNHA tinha legitimidade para fazer isso, ou foi vingança, retaliação, conspiração um golpe ? ninguém estava esperando tal decisão, será que o procurador não demorou para afastá-lo?Sem o povo brasileiro ir as ruas, penso que não vai avançar esse processo contra a Presd. Dilma, sei que existem as sequencias de votações, pelos tais congressistas...
    Muita coisa não concordo com a Presidente, vou citar somente uma, o tal social, dar dinheiro, bolsa família, escola, maternidade dinheiro para comprar móveis etc.em troca de nada. Esse povo está mau acostumado e não quer trabalhar, sempre digo; isso está tirando milhares de mão de obra dos brasileiros, imaginam vocês se vão adquirir profissão e quando estiverem na meia idade de vida! sei não!

    ResponderExcluir
  5. Daniella Montenegro6 de dezembro de 2015 10:07

    Excelente explanação do juiz Ruy Trezena Patu Jr. sobre o atual quadro político do País, que a quadrilha do PT provocou. Fora Dilma, Fora Lula, Fora PT.

    ResponderExcluir
  6. Cleanto Martins Tangará6 de dezembro de 2015 10:23

    PARABÉNS POVO DE TRIUNFO-PARABÉNS RUY PATU, NÃO PODEMOS DEIXAR MAIS ESSA MULHER NO PODER!!!!!.

    ResponderExcluir

Caro leitor, seja educado em seu comentário. O Blog Opinião reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório e ofensivo, como também os que contenham palavras de baixo calão. Solicitamos a gentileza de colocarem o nome e sobrenome mesmo quando escolherem a opção anônimo. Pedimos respeito pela opinião alheia, mesmo que não concordemos com tudo que se diz.
Agradecemos a sua participação!

NOSSOS LEITORES PELO MUNDO!