quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

REDUZIDOS INVESTIMENTOS NAS FESTIVIDADES DE FINAL DE ANO POR CARLOS FERRAZ





Está chegando outro tradicional momento festivo triunfense.a  festa da padroeira Nossa Senhora das Dores, que engloba oito dias de comemoração, inclusive Natal e Ano Novo, que apesar da vontade de parte de significativa da população religiosa e pessoas esclarecidas terem  sinalizado o desejado sonho de retorno para a Praça 15 de Novembro 
(Marco Zero da Cidade), não houve qualquer  demonstração de interesse da Paróquia e tão pouco da Prefeitura Municipal na mudança, deixando mesmo o evento secundarizado e sem  a devida valorização que tanto reclamavam nas conversas paralelas.


Apesar da crise econômica absurda que o País enfrenta, devido as falcatruas, desmando, roubalheiras de governos mais parecidos com quadrilhas organizadas - embora exista que defenda e considere prática normal esses fatos delituosos, alegando que outros também fizeram o mesmo -   a Prefeitura confirmou a realização das festividades sem ainda prever o grau de pareceria dos maiores parceiros que são Governo do Estado, Fundarpe, Serviço Social do Comércio - Sesc e depois a Associação Comercial do Município de Triunfo - ACMT, que devem reduzir os investimentos nos eventos deste ano.

Por conta disso, existe uma preocupação generalizada entre todos aqueles que torcem pelo engrandecimento da cidade e o bem-estar da população. Sugere-se portanto, oferecerem uma programação vasta, composta exclusivamente com artistas triunfenses, a partir das cantatas, pastorís, reisados, cirandas, shows, decorações que abrilhantam a festa natalina que deve iniciar-se por volta  da segunda quinzena de dezembro.Lamentável a grande ausência do coral produzido pelo Pastor Williams Zacarias, da Primeira Igreja Batista de Triunfo nas escadaria da Igreja Matriz.




















Talvez por valores bem inferiores e cooperativos podem conseguir para integrar a grade artística local ,sendo apresentada num palco menor, as seguintes atrações: Orquestra Edição Extra, Rafael Veríssimo, Fátima Barros, Bené do Arrocha, Genecy, Orquestra Madureira, Zé Marques & Cidinha Guedes,  Alex Souza, Ronivon Paulino, Forró Global, Anchieta Cruz, Igor Alves, Maracatu Baixa Verde, Os Trovadores, Fabiano Melo, Templários Acústicos, Ambrosino Martins, Fabrício Ramos, Radiola Serra Alta, Os Três do Forró, Só Triscando, Jéssica e Gatos Mouriscos,Elis Almeida & Samuel Feitosa, Cristaleira, Banda Musical Isaías Lima, Orquestra Sonata, Cutilada, Zé do Brejo, entre outras  estrelas nativas.


Nas apresentações de bandas e cantores que devem acontecer todas as noites a partir das 20 horas, no equivocado Pátio de Eventos ( quando poderia ser no antigo ponto) , evitando as exageradas durações. Caso apareçam apoios com recursos governamentais e empresariais, as pedidas dentro da realidade seriam regionais: Asissão, Genailson, Rui Grudy, Bia Marinho, Paulinho Leite, Mazinho de Arcoverde, Lila a Rainha da Seresta, Flávio Leandro, Paulo Matricó ,Bira Marcolino, Delmiro Barros e mais... E com alguma verba governamental na mão, os estaduais: Augusto César, Magníficos, Leonardo Sullivan, Brucelose, Irah Caldeira, Petrucio Amorim, Kelly Rosa,  Limão com Mel, Santana, Cristina Amaral, Edy Carlos, Josildo Sá, Dorgival Dantas.É procurar fazer um evento bom e barato que agrade à grande maioria dos frequentadores.

18 comentários:

  1. Com o inchaço da máquina pública com os gastos principalmente com os contratos e contratados que a prefeitura alega não ter mas que tem, com os diversos cargos comissionados, os gastos públicos que são muitos haja vista que houve aumento aprovado pela Câmara no aumento de salário de secretariado, prefeito e vice, certamente não sobra dinheiro para tais eventos. Além disso, já é muito comum perceber que as tradicionais festas já vem acabando desde muito antes da crise e passaram a ter cunho político com o escopo de perpetuarem-se no poder como algumas que acontecem. Assim mesmo, esta gestão ainda não se sensibilizou com os pedidos de volta as tradições e quem tem custeado a maioria das festas é o SESC onde todos estão carecas de saber. Não há sensibilidade para criar-se soluções, até mesmo a mais louvável que este conceituado blog apresenta que são as apresentações de artistas da terra que com certeza, além de abrilhantarem a sua própria terra, teriam meios de serem conhecidos por mais munícipes e pelos turistas que vierem curtir as suas férias durante o período. Na Verdade, os artistas da Terra não possuem vez nem voz na cidade. Tudo que aqui é feito é desprezado. Não há capacitação de jovens para impedir o êxodo rural de muitos que se arriscam em viagens clandestinas para cortes de cana em outros Estados e por muitas vezes sabemos que é trabalho escravo. Tem-se que dá maior valorização as coisas da terra. Triunfenses não são apenas munícipes, são conterrâneos, irmãos de terra e precisam serem ajudados e respeitados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  2. Murilo Siqueira Campos4 de dezembro de 2015 07:40

    A jornada de um homem não é definida só pelo seu ponto de chegada.Para chegar onde chegou, foi preciso a eficiente equipe do blog Opinião e o editor Carlos Ferraz enxergarem o ser humano por trás de cada profissional e reconhecer a importância de cada um no resultado final.Mas só um grupo amigo e humilde consegue reconhecer a grandeza de cada indivíduo nas etapas dessa jornada. Parabéns a todos vocês pela grande qualidade das publicações e reconhecida independência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada vez melhor e como se tivesse um Toque de Mágico procura enaltecer oa arte, ajudando a cidade a mudar de rumo.

      Excluir
    2. É verdade que o Sesc cansou e este ano está tirando o time fora para a cidade de Garanhuns que recebe reconhecimento?

      Excluir
  3. Sou leitor assíduo e acompanho todo o desenrolar dos fatos corriqueiros, chegando à atual definição de pontos chaves que necessitam ser analisados e revistos sem qualquer paixão partidária no município.O turismo está entre nós. A previsão de 2016 são mais cortes, mais apertos.Melhoria é um "Conto de Fadas", que procuram incutir com tantas premiações conquistadas sem a verdadeira eficiência comprovada no dia a dia. A oposição infelizmente é míope, descompromissada, lenta, preguiçosa e sem representatividade digna como a anterior. É preciso ousar e inovar as duas alas divergentes. A única bandeira de luta que enxergo para fazer Triunfo avançar tem sido, sem dúvida alguma o equilibrado jornal Opinião e poucas intervenções de atuantes colaboradores munidos de politização.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gilson do Pará e João Batista. Quem é pior e mais corruto? Fizeram riquezas como e quando?

      Excluir
  4. Quando sai a programacao oficial das bandas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PAULO VICENTE ALVES5 de dezembro de 2015 20:48

      ZE DO BREJO E GENECY

      Excluir
  5. Totalmente de acordo com você Fernando Ribeiro. Os dois lados fazem de conta que fazem situação e oposição. É tudo igual, não retiro uma vírgula.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  6. Elisabete Ferraz De Sá Barreto4 de dezembro de 2015 22:52

    Fizemos uma feijoada no VILLA TRES LAGOAS,contratamos tecladista e mágico,foi muito agradável receber a CARAVANA DA SAUDADE que trouxe muitos brinquedos para ajudar o Natal da criança da nossa querida cidade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Onde estão esses brinquedos, vão ser distribuídos por quem?

      Excluir
  7. entre as atracoes confirmadas estao marilia mendonça, mano walter e luan estilizado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  8. Mano Walter de novo? Só falta agora Vicente Nery e Edson Lima para fazer propaganda do candidato do prefeito.Festas ridículas, mas os alienados adoram.

    ResponderExcluir

Caro leitor, seja educado em seu comentário. O Blog Opinião reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório e ofensivo, como também os que contenham palavras de baixo calão. Solicitamos a gentileza de colocarem o nome e sobrenome mesmo quando escolherem a opção anônimo. Pedimos respeito pela opinião alheia, mesmo que não concordemos com tudo que se diz.
Agradecemos a sua participação!

NOSSOS LEITORES PELO MUNDO!