quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

SATIRIZANDO O ADÁGIO, "MAUS FILHOS À CAUSA RETORNAM" - POR LUIZ SAUL


Satirizando o adágio, pode-se dizer que os maus filhos à causa retornam.
É o que está acontecendo com os ex ministros Gilberto Carvalho e Erenice Guerra, principalmente esta, ambos arrolados no enredo da Operação Zelotes, que investiga a manipulação de julgamentos do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (CARF), do Ministério da Fazenda, além da suposta compra de medidas provisórias.

Saindo da sua oitiva, o Gilberto Carvalho, a quem se imputa encontros não explicados com o lobista Mauro Marcondes para tratar de prorrogação de medida provisória em favor da indústria automotiva, correu aos microfones para atribuir os acontecimentos ao medo do retorno do Lula à Presidência da República, blá blá blá.

Já no caso da Erenice Guerra, reconhecidamente uma protegida da dilma, a quem, aliás, sucedeu no comando da Casa Civil, consta um passivo de escândalo, ali pelo ano 2010, envolvendo seus familiares, ex-familiares, assessores e ex-assessores, que lhe valeu o cargo, sem, contudo, arranhar o prestígio com a protetora. 

Desenvolta e impune, essa personagem compareceu perante os investigadores admitindo que, ainda quando ministra, firmou parceria com o então conselheiro do CARF José Ricardo da Silva para resolver uma “grande dívida tributária” de uma empresa da chinesa. Indagada sobre a questão ética implícita no exercício das funções em confronto com a atuação contra órgão do governo a que servia, afirmou que não havia impedimento. Definam cinismo, por favor.

No restante do seu depoimento, tergiversou, citou esquecimento ou simplesmente mentiu, como quando alegou que não tinha influência no Ministério da Fazenda para indicar conselheiros do CARF, e foi desmentida na mesma hora, com a apresentação de mensagem de sua autoria fazendo indicação. Vale notar que os seus parceiros de então se encontram presos, o que, por si só, define a qualidade dessas associações.

O que pareceria a avaliação de depoimentos sobre irregularidades praticadas por agentes públicos termina por se transformar na difícil compreensão da lógica da insensatez e principalmente da banalização da ofensa às normas de comportamento funcional cristalizada nos últimos 15 anos, pelo menos. Às favas os escrúpulos, como bem disse Jarbas Passarinho no episódio do AI-5.

E, estranhamente ou não, esses elementos continuam acreditados no Palácio do Planalto, como bem demonstram o fato de Erenice, depois de sair pela porta dos fundos da Casa Civil, borboletear impavidamente durante a segunda posse da dilma, como se o passado não lhe apontasse os dedões acusatórios. Já o Gilberto Carvalho, sobre quem pesam sussurros de suspeitas de participação em crimes políticos de extrema gravidade, na região do ABC paulista, foi naturalmente acomodado na presidência do Conselho Nacional do SESI, o que não é pouca coisa. 

Fosse no Japão, faltaria faca para tanto hara-kiri.

                           
Por: Luiz Saul Pereira
            Brasília - DF                       

6 comentários:

  1. Ele voltou Que bom! Estava sentindo falta das suas maravilhosas postagens.Sem elas o blog não parece o mesmo, porque todas possuem uma sensação crítica humorada.

    ResponderExcluir
  2. Luiz Paulo Bezerra28 de janeiro de 2016 17:27

    Gostei do seu retorno Luiz Saul. Seja bem vindo.

    ResponderExcluir
  3. Notícias quentinhas de Brasília-DF aagora

    ResponderExcluir
  4. Cecília Nobre Siqueira29 de janeiro de 2016 07:26

    O Saul é muito bem informado e traduz suas publicações utilizando forma bastante interessante que valoriza ainda mais o texto.Sinaliza ainda que a quadrilha dos Petralhas ainda mantém supremacia neste Brasil.

    ResponderExcluir
  5. ADAILTON MAGALHÃES29 de janeiro de 2016 08:37

    O PT TRANSFORMOU A VIDA DOS BRASILEIROS UM VERDADEIRO INFERNO ENGANANDO TODOS QUE SERIA MUDANÇA.

    ResponderExcluir
  6. E o pior é que o PT tenta enganar a população e joga culpa na oposição e na imprensa. Golpe é vermos um governo corrupto tentando se manter no poder, afundando o Brasil com roubalheira.

    ResponderExcluir

Caro leitor, seja educado em seu comentário. O Blog Opinião reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório e ofensivo, como também os que contenham palavras de baixo calão. Solicitamos a gentileza de colocarem o nome e sobrenome mesmo quando escolherem a opção anônimo. Pedimos respeito pela opinião alheia, mesmo que não concordemos com tudo que se diz.
Agradecemos a sua participação!

NOSSOS LEITORES PELO MUNDO!