quinta-feira, 31 de março de 2016

SEMANA SANTA PRECISA SER RELACIONADA COM O TURISMO - CARLOS FERRAZ

 


Dentro do contexto atual, a Prefeitura Municipal de Triunfo ( PMT), através da Secretaria de Turismo (Setur), deveria  já ter optado por uma programação cultural específica aliada a serviços básicos disponíveis durante o evento da bastante frequentada Semana Santa, nos diferentes polos de atividades com principal foco para o público infantil, adolescente e adulto. Evitando assim a migração para cidades turísticas: Garanhuns, Gravatá. Taquaritinga do Norte, Bonito , Brejo da Madre de Deus. É necessário reflexão, visando evitar maior escassez de público, recurso que tornou-se uma questão de alta relevância nos últimos anos, mas sem providências executivas.
Sinceramente não admite-se continuar mais com o total descaso existente para moradores, visitantes e turistas, que nada encontram no período  tão promissor a passeios no "Oásis do Sertão". Ficam  os hospedes restritos apenas na  tradicional programação religiosa. finalizada na belíssima procissão de "Senhor Morto" , percorrendo as várias ladeiras da cidade e encerrando  na Igreja Matriz de Nossa Senhora das Dores, sexta-feira santa. A situação é preocupante, pois estão ignorando um dos itens mais importantes para a sobrevivência financeira do lugar.




Chegou-se ao momento que todos precisam se conscientizar e preservar o que detém de potencialidade  atrativa. Para isso  simples gestos  podem contribuir como, evitar a Semana Santa tornar-se uma festividade atual São João, praticamente dizimada por  reconhecida irresponsabilidade  dos pseudo-representantes, aliando-se à falta de visão administrativa, sentimento nativista e vontade política, nas últimas gestões desastradas e prepotentes, que somente prejuízos trouxeram ao município e habitantes, porém lucros diferenciados individuais e familiares.
É muito importante ressaltar tudo isso abertamente e de consciência tranquila,  sem envolver diferenças partidárias no processo, pois quando a administração é tratada de maneira adequada pode interferir de forma positiva e qualificada evitando maiores desgastes. Por isso, se faz  preciso adotar medidas providenciais no estilo de tratamento a quem se desloca para curtir  o encantador ponto mais alto de Pernambuco, digno de maior respeito por aqueles que  ousam modificar a natural tendência acolhedora da província.



 


 Por: Carlos Ferraz
          Editor/ Triunfo PE

11 comentários:

  1. Entra ano e sai ano e o descaso com as festas tradicionais da cidade continuam. A descaracterização é patente e é tomada com total desrespeito pelos governantes. Não é o caso de se cozinhar em banho Maria com esta administração ineficiente. O total desrespeito as tradições com Semana Santa, São João, Carnaval, Festa do Estudante, Final de ano, já está conhecida como uma das piores dos municípios pernambucanos. Além da falta de estrutura e não me refiro a pousadas e hotéis, podemos ver um hospital que não tem condições de atender um turista ou um munícipe em condições de emergência já que não existem aparelhamento necessário para isso são transferidos para outras cidades circunvizinhas.A semana Santa costumava ter a paixão de cristo que era encenada no Convento e que traziam bastante turistas e que não ficava a dever a nenhum outro espetáculo montado no Estado e a cidade ficava abarrotada de turistas. No Carnaval até mesmo o gestor foi para o Rio de Janeiro como é comentado em toda a cidade posto que o fracasso foi grande. A festa do Estudante a cada ano tem um dia reduzido e suas atrações são de péssima qualidade já que apostam em "cantores" que fazem apologia ao sexo, a embriagues,e a coreografias que mais sugerem a exploração dos corpos e vê-se que houve uma inversão da cultura popular. No final do ano, Triunfo como era conhecida como uma das maiores festas em que recebiam turistas de todo Estado, fica praticamente abandonada e o êxodo é inevitável. Os jovens não tem a oportunidade de trabalho, de capacitação em cursos nem mesmo na sua raiz que é a agricultura, relevou-se a diferença de cultura e educação como se educação não fosse cultura e cultura não fosse educação. Os constantes atos de violência que ocorreram no começo do ano e que estão até agora sem solução mesmo tendo a cidade inteira comentado que existe um consórcio, uma verdadeira quadrilha de assassinos e mandantes que se incomodam quando vem à tona os desmandos, abusos de autoridade e abuso de poder econômico. Começam por fazerem ameaças veladas, depois a família e por final acabam comentando os brutais assassinatos e pergunta-se: Até quando vamos continuar nesta impunidade? Até quando a polícia vai esperar para trancafiarem estes sanguinários assassinos e devolver a paz para a cidade. Quem não tiver culpa no cartório que não tenha medo mas aqueles que contribuíram diretamente ou indiretamente com estas barbaridades, podem começar a se preocuparem pois não vou deixar passar em branco estes episódios. A onda agora é apresentarem vídeos de moças e rapazes e muitos deles menores de idade com calúnias, injúrias e difamações e até quando isso vai continuar. As ameaças continuam mas de porta em porta para quem disse que me expulsaria da cidade vou dizer: Somente morto e mesmo morto, meus restos mortais ainda serão enterrados no lugar que escolhi para viver e morrer. Quem ama Triunfo não pode compactuar com estes absurdos pois o que aconteceu e o que acontece, poderá acontecer com qualquer um e deve ser denunciado. Não temam, protejam suas famílias posto que os criminosos estão à solta e pensam que são donos da cidade mas os verdadeiros donos da cidade somos nós.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  2. Alberto Nascimento16 de março de 2016 07:56

    Grande Carlos, o seu blog é um grande informativo para toda a cidade e até mesmo para os que estão fora. Desta forma, acredito que aqui esteja faltando uma pesquisa com os prováveis candidatos à prefeitura de Triunfo, pois faz parte da democracia e é desejo de todos que aqui visitam o seu blog. Tudo de bom, meu amigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Triunfo é uma das mais belas cidades do Nordeste, cravado no ensolarado do Sertão Pernambucano. Poucos municípios têm o privilégio de reunir tantos atrativos, a começar pelo clima que contradiz completamente a aridez do sertão nordestino, com isso Triunfo passou a ser conhecida como " Um Oásis em Peno Sertão"

      Excluir
  3. José Valter de Souza16 de março de 2016 17:44

    Carlos Ferraz possui uma sesnsibilidade é um trabalho inquestionável em relação ao município de Triunfo., não deveria se ausentar de participar da política desse lugar.

    ResponderExcluir
  4. A divulgação postiva que faz o blog sobre a cidade, acho na verdade digna de,aplausos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cidade de um povo hospitaleiro, rodeado de serras e vegetação sempre verde. Vale a pena conferir tudo isso de perto na Semana. Santa.

      Excluir
    2. Fábio Alves de Almeida19 de março de 2016 11:26

      e povo alienado também que mantém um grupo político sem futuro há mais de 20 anos por falta de disposição para o confronto, deixando tudo acontecer da forma mais errada. a oposição é outro desastre, só tem gente que pulou de uma lado para o outro querendo se beneficiar.

      Excluir
  5. Manoel Gomes da Silva16 de março de 2016 18:38

    A Paixao de. Cristo Sertaneja e um espetaculo que reúne música e dança para contar de forma diferenciada tudo a partir do batismo até a ressurreição.

    ResponderExcluir
  6. NÃO CONHEÇO O CARLOS PESSOALMENTE MAS TENHO MUITO CARINHO POR ELE DIVULGAR TÃO BEM NOSSA CIDADE, AI NO NORDESTE.

    ResponderExcluir
  7. Carlos Lopes Siqueira18 de março de 2016 10:20

    Considero o Carlinhos Ferraz uma figura das mais importantes, criativas e apaixonadas no desenvolvimento turístico de Triunfo desde quando estudante.

    ResponderExcluir

Caro leitor, seja educado em seu comentário. O Blog Opinião reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório e ofensivo, como também os que contenham palavras de baixo calão. Solicitamos a gentileza de colocarem o nome e sobrenome mesmo quando escolherem a opção anônimo. Pedimos respeito pela opinião alheia, mesmo que não concordemos com tudo que se diz.
Agradecemos a sua participação!

NOSSOS LEITORES PELO MUNDO!