quinta-feira, 30 de junho de 2016

APOSTAR NA ESPECIALIZAÇÃO DOS MÚSICOS TRIUNFENSES - POR CARLOS FERRAZ


Diante o grande alcance conseguido na mídia nacional e regional, o 'Programa Ganhe o Mundo Musical' , do Governo de Pernambuco - planejado na administração do saudoso governador Eduardo Campos -  visando atrair músicos, nas mais diversas regiões, que tenham interesse  no aprofundamento de conhecimentos e qualificação profissional, se faz o quanto antes necessário, tomar melhores informações  visando integrá-lo e conquistar satisfação pessoal ,além da possibilidade de emprego e renda.
  

Consiste essa nova versão do projeto aplicado pelo Governo de Pernambuco, que costuma definir bolsas, enviando jovens do Estado para temporada de estudos nas determinadas partes do mundo.A seleção dos prendados candidatos, geralmente efetua-se ,escolhendo, exemplos de perseverança e determinação. Sendo necessário para isso, vencerem etapas eliminatórias do programa, que tem a finalidade transformar a realidade deles pelo caminho exemplar da música.





Deve-se portanto a Prefeitura Municipal de Triunfo, através da Secretaria de Turismo, Cultura e Desportos, destinar o respectivo setor de Cultura, a providenciar realização de análises conjuntas pelo centenário Clube Central Isaías Lima,  situado à Rua Coronel Manoel Siqueira Campos, Centro,(imóvel próprio, doado pelo senhor Magno Bezerra de Norões, ex-presidente e patrono), tradicional agremiação representada pela centenária Banda Isaías Lima e Orquestra Madureira, organização que no último 31.05.2016, completou 126 anos de glórias Vale aprofundamento da questão sugerida, para efetuar plano de ação relacionado aos alunos da  "Escolinha de Música" existente, que sobrevive às duras penas sem receber qualquer subvenção municipal, estadual e federal.




Muitos desses jovens de ambos sexos,  receberam orientações básicas e depois quase profissionais, possuindo habilidades de sobra com: trompete, saxofone, trombone, clarinete, trompa, requinta, bombardino, tuba, além de bateria, violino, guitarra, violão. Alguns duvidosos, imaginaram que não iriam conseguir. Mas como saber, sem tentar? Vários foram apresentados, julgados e avaliados, por integrantes do Conservatório Pernambucano de Música e  estão na fase preparatória para a  sonhada viagem de especialização que dura três meses no Exterior, custeada  pelo Governo do Estadual. Que tal embarcar nessa proposta? Dificuldades não existe, vários municípios apresentaram representantes.É somente ter boa vontade...



Por: Carlos Ferraz
        Editor/ Triunfo - PE

7 comentários:

  1. Uma forma de conseguir estabilidade no tempo de crise, válida ideia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é uma sequência de ideias maravilhosas que são postadas aqui, será que vão admitir e realizar os governantes?

      Excluir
    2. Clea Lucas Ribeiro11 de junho de 2016 16:30

      A sociedade tem obrigação de oferecer espaço, objetivos para nossos jovens. sensibilizando-os para a importância da música. Pois aos pais incube o dever de sustento, guarda e educação dos filhos. Aplausos e aplausos. Eu aposto nos nossos músicos triunfenses.

      Excluir
  2. Num governo onde a cultura não é respeitada pelo poder público, dificilmente chegaremos aos objetivos acima demonstrados. Precisa-se ter políticas públicas para que a cultura, o aperfeiçoamento destes jovens músicos e demais artistas da cidade tenham o seu lugar e o merecido valor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  3. Muito bem , Carlinho , aposte mesmo !

    ResponderExcluir
  4. Maria do Socorro Souza10 de junho de 2016 21:21

    Nossa banda merece todos os nossos aplausos. Tradicionalíssima, está presente em todos os momentos de gala da nossa cidade.
    Parabéns, Banda Musical Isaias Lima!!

    ResponderExcluir

Caro leitor, seja educado em seu comentário. O Blog Opinião reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório e ofensivo, como também os que contenham palavras de baixo calão. Solicitamos a gentileza de colocarem o nome e sobrenome mesmo quando escolherem a opção anônimo. Pedimos respeito pela opinião alheia, mesmo que não concordemos com tudo que se diz.
Agradecemos a sua participação!

NOSSOS LEITORES PELO MUNDO!