domingo, 16 de outubro de 2016

NUNCA DEVE-SE ESQUECER O "DIA DAS CRIANÇAS" - POR CARLOS FERRAZ

Dia das Crianças - Magia Infantil...



Vale à pena observar, dentro da mais abrangente realidade e mais completa isenção, o cenário atual desse território municipal, ocupado por algumas figuras bastante questionáveis e contraditórias. Esses costumam aparecer falsamente como populares e integrados na sociedade, quando estão no jogo seus interesses e projetos pessoais. Depois, nada, nada, nada. Embora posem às vezes, surpreendentemente, de antenadas , esclarecidas, dinâmicas, valorizadas, sempre procurando através de ações mascaradas, influenciar nas consciências desinformadas. Costumam os detectados fascistas,  adotarem modelo ultrapassado de agradar quem estiver no comando administrativo ou financeiro. Faltando no entanto, utilizar verdadeiros gestos humanitários de solidariedade, ao invés de costumeiros atos demagógicos.


Espera-se que ocupantes da próxima gestão municipal, sejam logo vacinados contra a incompatível prepotência e vaidade excessiva - que  não podem, nem devem, jamais voltarem a acontecer. Poderá comprometer o discurso expressado aos quatro ventos de substanciais mudanças e renovação nos quadros e na forma de proceder.É inaceitável continuar alimentando previsões negativas relacionadas a administrações anteriores que terminavam por acontecer de fato.. demonstrando a falta de compromisso com a cidadania. Existem condenáveis exemplos antigos, jamais assumidos, tipo deixarem de abraçar a antiga causa defendida de maneira constante e muito sonhada, proposta de promover interação social, aderindo na prática envolvimento prefeitura/população via atitudes diferenciadas, organizando a festividade envolvente e tradicional  Dia das Crianças, em 12 de Outubro.

Apesar de sugerida por inúmeras vezes a realização desse evento não conseguiu ser absorvido pela mentalidade atrasada  ou maldosa de determinados gestores.Por mais que fosse reivindicada, tudo continuou sem avançar.Passou-se extensa temporada não recebendo qualquer providência para o devido incremento festivo. As referentes movimentações tímidas, somente existindo por iniciativa dos abnegados educandários , que se tenha conhecimento. Acredita-se, significar descaso demais, falta de vontade, total desinteresse. E ninguém teve coragem de posicionar-se contrário, apelando tratamento proporcional, que viesse atender aos anseios normativos dessa juventude relegada, a possibilitar resultados no atendimento digno, aos futuros cidadãos, dependentes de acolhimento orientador, conjugado em  lazer e diversão, atitudes sadias merecidas.

Caso tivessem ao longo dos anos,  diferentes representantes municipais, demonstrado melhor visão administrativa e maior sentimento nativista, a iniciativa poderia estar agora ampliada. Caberia recorrer à significativa ajuda filantrópica junto instituições parceiras: ACMT (Associação Comercial),  Banco do Brasil, Serviço Social do Comércio (Sesc), Loja Maçônica, Sindicato de T. Rurais (STR ), entre outras organizações, regionais e estaduais. Poderiam obter grande e reconhecido sucesso. Conseguindo aos poucos, atrair comerciantes e empresários avessos a contribuições espontâneas. Faz-se necessário abraçarem a causa contributiva, mostrando a grande importância na formação do mundo melhor e mais justo. Mas talvez na imaginação de conhecidos hipócritas bajuladores, metidos a entendidos, - que esnobam nessa sociedade subserviente, - sejam ideias ilusórias que não resultam ganhos sociais.

Na memorável festança " Dia das Crianças" (data onde reverencia-se também a padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida) poderia ter havido na sede e distritos ( Vila Canaã e Vila Jericó) atividades recreativas, esportivas e culturais. E distribuição de brindes e lanches, com presença de bonecos e palhaços comandando a tarde infantil ao som de respectivas músicas. No período matinal, atendimentos profissionais que envolvessem saúde bucal, corte de cabelo, fotografia, pintura artística, karaokê, recitais, entre outras modalidades lúdicas. Mas lamentavelmente, nada aconteceu.Agora só nos resta condenar esse deslize injustificado e torcer que no próximo ano,  tomem atitudes mais sábias e ações menos incompetentes, poder público e segmentos sociais  E a desculpa esfarrapada não seja a crise financeira  do País. Assim pode-se aplaudir..



Por: Carlos Ferraz
        Triunfo - PE

21 comentários:

  1. Parabéns Ferraz, você realmente é a única voz a se levantar nesse município consumido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No Dia das Crianças, aqui tudo passou em branco, era para terem apresentação de agremiações carnavalescas, desfile de caretas e atores da cena musical e das artes plásticas.

      Excluir
    2. Maria de Lourdes Diniz13 de outubro de 2016 16:34

      Observei que mesmo não tendo nada organizado no dia de ontem em comemoração ao Dia da Criança, aqui em Triunfo, os brinquedos do parque foram poucos. Entre balanços, escorregadores e gangorras um grupo de meninos e meninas disputavam utilizar quase no tapa.

      Excluir
    3. Devia a ACMT haver contribuído na comemoração da Semana da Criança, realizando uma campanha para receber doações de brinquedos e um evento que fosse dividido em atividades sócio-educativas e culturais, inclusive destinada a crianças e adolescentes portadoras de necessidades especiais.

      Excluir
  2. O povo daí num merece é nada. é fuleiro todo. e por tabela as crianças sofrem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    2. Elizabeth Pereira de Carvalho13 de outubro de 2016 15:59

      Embora tenha sido cobrado neste blog, não vi nenhum candidato a prefeito ou a vereador apresentar propostas direcionadas ao público infantil, entre elas, tipo a Escola Aberta, com atividades nos finais de semana para toda a comunidade.

      Excluir
    3. Cadê pelo menos os palhaços? Está mesmo tudo dominado e ninguém reclama nada.

      Excluir
    4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  3. Antonio Marcos Florentino13 de outubro de 2016 15:48

    AQUI EM TRIUNFO JÁ FOI ESQUECIDO HÁ MUITO TEMPO, NINGUÉM LEMBRA MAIS DISSO, É COISA DO PASSADO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Roberta Vasconcelos13 de outubro de 2016 16:13

      Uma pequena movimentação que houve na Academia da Cidade foi por conta dos educandários e organização de alguma mães com suas crianças.

      Excluir
    2. O que custaria fazer uma campanha antecipada de arrecadação de brinquedos novos e usados em bom estado de conservação? A criatividade nessa administração é nota zero.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  4. Maria das Graças Menezes13 de outubro de 2016 15:55

    Defendo que transformassem a Biblioteca Pública de Triunfo uma Biblioteca Parque, integrando o espaço à Academia da Cidade, por meio de rede wi-fi, que daria ao público a oportunidade de acessar acervos digitais ao ar livre, uma proposta de autoria do editor Carlos Ferraz, que já tive oportunidade de ler aqui neste jornal há bastante tempo e achei bastante interessante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse espaço com certeza daria certo, podendo virar atração para os jovens, famílias e também esportistas

      Excluir
  5. Lembro que já houve tempo no Dia das Crianças, que dezenas de famílias ocupavam as praças e parques infantis triunfenses em busca de lazer e diversão. Muitos faziam piqueniques.Agora não existe mais nada.

    ResponderExcluir
  6. Era um feriado onde as crianças poderiam estar livres para se esbaldar ao ar livre e curtir os brinquedos que ganharam no dia dedicado a eles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  7. Necessitam implantar parques infantis em todos nos bairros, pois a cidade não comportaria toda essa criançada espremida na Academia da Cidade.Cada lugar merece ter o seu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  8. ANTONIO FERNANDO DA SILVA13 de outubro de 2016 16:27

    ERA PARA A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E TURISMO ESTIMULAREM BRINCADEIRAS QUE AS GERAÇÕES MAIS NOVAS NÃO ESTÃO ACOSTUMADAS, COMO BOLINHA DE SABÃO, CORDA, VAI-E-VEM, CANTIGAS DE RODA, PARA DISTRAIR AS CRIANÇAS.

    ResponderExcluir

Caro leitor, seja educado em seu comentário. O Blog Opinião reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório e ofensivo, como também os que contenham palavras de baixo calão. Solicitamos a gentileza de colocarem o nome e sobrenome mesmo quando escolherem a opção anônimo. Pedimos respeito pela opinião alheia, mesmo que não concordemos com tudo que se diz.
Agradecemos a sua participação!

NOSSOS LEITORES PELO MUNDO!