quarta-feira, 30 de novembro de 2016

DECORAÇÃO NATALINA DO SESC NÃO TEVE RECEPTIVIDADE - POR CARLOS FERRAZ






Pode-se reconhecer sem a menor dúvida, como grande e valorosa iniciativa, que desde o princípio trouxe enorme movimentação ao município,  o exuberante evento "Natal Triunfo" , quase uma réplica do "Natal dos Sonhos", de Gramado-RS , organizado e promovido com perfeição pelo Serviço Social do Comércio - Sesc, onde perdurou por cerca de três edições consecutivas - destacando entre tantas maravilhas apresentadas o excelente concurso de sentido cultural,  decorativo e  natalino que deixou a cidade "Oásis do Sertão", ainda mais bonita para receber as celebrações festividades de final de ano.

Embora, sendo reforço bastante significativo, realizado de 22 a 31/12  período igual à Festa da Padroeira Nossa Senhora das Dores,  que sem explicações convincentes  transferiram do Marco Zero - Praça 15 de Novembro  para o  "Pátio de Eventos Maestro Madureira" - instalado na equivocada localização junto à Praça Carolino Campos e Lago João Barbosa Sitônio, causando diferenciados transtornos constantes aos moradores residentes  nas proximidades, frequentadores e visitantes instalados. E deixando de lado absurdamente a tradicional festança que funcionava há quase um século.Quanto desrespeito !

É do conhecimento de muitos, que través de superficial convênio assumido entre Fundarpe, Secretaria de Turismo, Associação Comercial, havia como  principal objetivo,  estimular o encontro de confraternização entre residentes e filhos da terra ausentes, que acontecia naquele período, conseguindo realizar a integração entre as pessoas e potencializando ao embelezamento da cidade e do turismo. Tentou-se portanto motivar a disputa de decoração visando prédios situados nas ruas,avenidas, travessas, praças e logradouros outros na área de abrangência urbana central, pudessem participar sem qualquer tipo de discriminação.

Chegando a ser ofertado como premiação cerca de R$ 10 mil em prêmios. Isso para os três niveis estipulados de imóveis: residências', 'comerciais', 'repartições', mais bem visualizados, seguindo o regulamento do concurso, disponibilizando cinco categorias: Rua Completa, Casa Residencial, Prédio  Residencial, Estabelecimento Comercial, Repartição Pública e Praça Adotada. Sendo no ato da inscrição, necessário apresentar cinco fotos visíveis dos espaços dispostos a concorrer. Muito importante conhecer o regulamento para garantir a validação do procedimento.Restando a participar as pessoas utilizarem a imaginação e a criatividade, porque o tema da decoração sempre foi livre.

Estipulava-se divulgação do resultado para a data 22 de dezembro.Mas, segundo pessoas envolvidas no processo de negociação, aconteceu depois boicote por detectado  grupo de comerciantes possuidores de mentalidade atrasada e mesquinha, junto a pessoas derrotistas da cidade Seguindo portanto o louvável programa para o município de Garanhuns, onde obteve a maior receptividade e funciona de maneira destacada crescente até o presente momento.Como pode haver mudanças importantes e valorização do patrimônio com esse tipo de gente? Infelizmente são personagens "influentes" na sociedade politicamente.Tem-se é que identificar e  combater mesmo essas figuras nocivas.. 




Por: Carlos Ferraz
         Editor/ Triunfo - PE

14 comentários:

  1. Considero essa uma excelente narrativa do editor Carlos Ferraz, demonstrando nas entrelinhas a existência de um mundo de possibilidades para transformar suas ideias em realidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Considero o espaço do jornal um foro privilegiado de debates relacionados a Triunfo que não deve ser deixado de lado a apresentação de pautas reivindicatórias de melhoramentos .

      Excluir
  2. Quero crer que Ferraz que todos os tenha procurado investir oferecendo sugestões inovadoras e práticas ao pessoal da administração de Triunfo.

    ResponderExcluir
  3. PARABÉNS PELO EFICIENTE TRABALHO! NÃO SE ENTREGANDO NUNCA!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lamentável!!! Impossível um desenvolvimento quando as mentes são retrógradas...

      Excluir
    2. José R Vasconcelos7 de novembro de 2016 12:57

      uma vergonha. a cidade está mesmo dominada. incompetência é que o vale. meu deus

      Excluir
    3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    4. Devo crer que o amigo Ferraz no inquestionável amor pela sua cidade, tem procurado investir todos os dias em transmitir soluções especiais e praticas para os administradores de Triunfo, querendo que explorem várias possibilidades de fazer tudo acontecer.

      Excluir
  4. Não foi à toa que votei em você todas as vezes que foi candidato em Triunfo no tempo que existia oposição de verdade, no velho MDB, com Junior Veríssimo e outros companheiros fiéis na luta pela democracia.

    ResponderExcluir
  5. Admiro muito a demonstração de resistência que você tem apresentado Carlinhos, pelas suas ideias a recuperação dessa cidade é possível.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já teria desistido, deixando esse povo ficar a provar do seu próprio veneno

      Excluir
  6. A estrela do sucesso da Pousada Baixa Verde é , com certeza , a esposa do Pedro Júnior , a Sra. Teresinha . Eu indiquei essa Pousada a vários colegas meu da CHESF e, como recompensa , tive o que ele ( PEDRO JÚNIOR) disse a um colega meu: " ela é doida ! " Cuidado Pedro Júnior, que Triunfo , hoje possui várias pousadas e a melhor propaganda é o boca a boca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SONIA MARIA SIQUEIRA7 de novembro de 2016 13:11

      LAMENTÁVEL ATITUDE DE BOICOTAR O CONCURSO DE ILUMINAÇÃO PROMOVIDA PELO SESC. É MESQUINHARIA DEMAIS PARA MEU GOSTO.UM LUGAR DESSE NÃO PODE IMAGINAR MUDANÇA ADMINISTRATIVA ALGUMA.

      Excluir
  7. Triunfo sendo Triunfo! Oh lugarzinho de gente mesquinha!

    ResponderExcluir

Caro leitor, seja educado em seu comentário. O Blog Opinião reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório e ofensivo, como também os que contenham palavras de baixo calão. Solicitamos a gentileza de colocarem o nome e sobrenome mesmo quando escolherem a opção anônimo. Pedimos respeito pela opinião alheia, mesmo que não concordemos com tudo que se diz.
Agradecemos a sua participação!

NOSSOS LEITORES PELO MUNDO!