sábado, 31 de dezembro de 2016

ATUAR NO PLANEJAMENTO VISANDO GERAÇÃO DE EMPREGO - POR CARLOS FERRAZ




Tratando ainda da Geração de emprego, podemos observar e concluir: 
Acredita-se que o atual quadro de desemprego na cidade se deve à falta de planejamento do poder público a nível municipal. Tem-se a visão que  a  vocação de Triunfo está no setor terciário, comércio de bens e serviços e, neste sentido a gestão municipal estaria  sendo há décadas ineficiente. Triunfo é uma cidade turística com vocação na prestação de serviço nesses aspecto.Onde  hoje existe uma política assistencialista, paternalista e nepotista, que dificulta o empreendimento e empreendedorismo, novos investimentos. Pretende-se uma gestão mais transparente que crie um ambiente de  negócios  positivos para todos, fazendo reverter o atual quadro de desemprego.

No entanto falta  aquele incentivo básico para os pequenos negócios. A Prefeitura Municipal tem que dar exemplo, visando todos investidores que queiram, possam empreender sem tanta dificuldade na legalização de documentos gerados pela reclamada burocracia. Entre as propostas, estão ainda a regulamentação do comércio, informal que, pode ser forte, pode ser gerador de emprego e renda. Necessita atuação aberta das secretarias respectivas da área, fortalecendo a parceria com empresas locais e da região, por meio de recursos criativos onde elas, juntas com a Prefeitura, viabilizem soluções em diversos segmentos urbanos.

GERAÇÃO DE EMPREGOS NAS ÁREAS DO TURISMO E COMÉRCIO...






  
  
 

 



Por: Carlos Ferraz
        Editor/ TRIUNFO - PE

6 comentários:

  1. Se não existe especialização, não existe cursos técnicos e capacitação pra diversos segmentos, dificilmente haverá emprego para os jovens que terminam o ensino médio e passam a fazer o êxodo rural tã comum há diversos anos. Não existe a menor oportunidade de emprego para ninguém a não ser ficar dependendo dos programas assistencialistas ou a espera de emprego da prefeitura que nada mais é que um cabide de emprego e isso a depender de quem apoiou na campanha.O que será dos jovens desta cidade fadada a ser mais uma cidade fantasma. O comércio por sua vez, em diversos. assinam a carteira com um salário mínimo mas sequer pagam tal salário e isso é uma reclamação geral. Outros abusam da Lei Trabalhista e sequer assinam a carteira e ainda ameaçam a quem ingressar com ações na justiça. A agricultura que deveria ser olhada com carinho, principalmente em oferecer meios, cursos de novas técnicas para a agricultura familiar sequer recebem incentivos e mesmo estando no rol de verbas recebidas pelo Governo Federal.
    Possivelmente, de acordo com os últimos comentários, principalmente neste midiático jornal, parece que o favorecimento por conta das eleições estão por vir com a nomeação de gente que são reprovadas pela população. Para secretariar, dar apoio técnico em uma pasta, trabalhar juntamente com o novo gestor, é salutar que o mesmo tenha conhecimento de causa para não cair em mãos de incompetentes como aconteceu no governo que está para sair e graças à Deus.
    A população tem o direito e pode responder a altura se ficarem insatisfeitos e para começar, deveriam estar na porta da Câmara de Vereadores pera exigir que seus salários sejam modificados. Se não sabem, antes das eleições, os vereadores aumentaram seus salários e receberão cerca de seis mil reais. Dividam seis mil reais por duas sessões e poderão observar que ganham por cada uma (de quinze em quinze dias) o valor de três mil reais. 12x6.000,00=72.000,00 + décimo terceiro salário = 78.000,00 x 4 anos = 312.000,00 x 11 vereadores = 963.000,00 afora outros benefícios. Observem que despesa para uma cidade como Triunfo e principalmente para quem não faz absolutamente nada. A mesma coisa se diz do secretariado e por aí vai. Triunfo engole à seco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  2. Aluísio Xavier Ferreira20 de dezembro de 2016 14:31

    Esse jornal tem apresentado opções de modernismo a ser adotado na administração municipal, realmente compatível com a realidade desse lugar.

    ResponderExcluir
  3. Duvido que nada disso possa ser aplicado, o que predomina é o emprego de familiares, amigos mais próximos e correligionários, para gerir a coisa publica sem dar a menor satisfação ao contribuinte, obrigando-os a amarga durante quatro ou oito anos o que tiver de vir de cima para baixo.

    ResponderExcluir
  4. E o pior tudo que William Terto e tudo verdade. E os Vereadores isso e um absurdo. Como é que uma cidade como a nossa tem condições de sustentar esses Vereadores que tem deles que mal sabe falar, ou muito mal sabe o que uma lei, isso quer dizer Maria vai com as outras. E se for para o bem deles, lógico, tudo se aprova. E os funcionários que estão ali o dia a dia, dando o seu suor(digo isso para alguns). Pois tem muita irregularidades lá dentro. Tem funcionários que chega a hora que quer e também sai a hora que quer e ainda e debochando da cara dos outros. Espero que com este que vai entrar seja diferente. E tinha uma funcionária aqui na Prefeitura que fazia isso e era dos Melo. Chegava as 7:00hs e saia as 10:00 com a cara de pau.o pior e que o Secretaria via e não falava nada.

    ResponderExcluir
  5. Verdade Clara, muitas vezes presenciei esse fato. Quero ver qual vai ser a reação do novo Secretário que está assumindo. Se ele deixar acontecer mais uma vez jma coisa é conivente. A escolha e simplesmemte política e amigável. Infelismente não é amor a cidade como falam.

    ResponderExcluir

Caro leitor, seja educado em seu comentário. O Blog Opinião reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório e ofensivo, como também os que contenham palavras de baixo calão. Solicitamos a gentileza de colocarem o nome e sobrenome mesmo quando escolherem a opção anônimo. Pedimos respeito pela opinião alheia, mesmo que não concordemos com tudo que se diz.
Agradecemos a sua participação!

NOSSOS LEITORES PELO MUNDO!