terça-feira, 31 de janeiro de 2017

REGULARIZAR A LEI DO "PATRIMÔNIO VIVO" - POR CARLOS FERRAZ


Espera-se que logo agora no princípio de 2017, seja pelo prefeito eleito e recém-empossado João Batista Rodrigues dos Santos (PL), baixado um edital,  determinando selecionar artistas e grupos triunfenses, que estejam realmente  aptos a se tornarem,  por justificado merecimento,  'Patrimônio Vivo de Triunfo'. O processo de escolha criteriosa deve ser,  através de gabaritada equipe composta por cinco nomes idôneos, sendo todos de confirmado envolvimento na respeitada sociedade local há bastante tempo, porém mudando um pouco as personagens que se consideram consagradas para opinar em tudo, triando a chance de outros com mais profundo conhecimento para analisar sem apadrinhamentos habituais.

Devendo depois de realizada minuciosa pesquisa na comunidade, escolherem três nomes, a cada semestre do ano, a serem agraciados. Desde que comprovados títulos, serviços prestados e aprovado empenho como fazedores de Cultura, no Município. Atendendo assim, a filtragem relativa sobre demanda do propício cenário. Seguindo também imposição regulada pelo Conselho Municipal de Cultura - formado independente de quaisquer conotações partidárias, para analisar quem tenha real merecimento ao prestigioso e sonhado  título, 

No entanto  necessita o  senhor  prefeito João Batista Rodrigues dos Santos, que acabou de assumir em 01.01. 2017., o destino administrativo do Município de Triunfo a partir necessita encaminhar à Câmara de Vereadores ( Casa Diocleciano Pereira Lima) um Projeto de Lei regulamentador, onde possibilite modificar antigas proposições apresentadas por volta dos anos 1980  Isso sem deixar de levar em consideração a  integral vigência da   "Lei do Patrimônio Vivo", caso ainda esteja dentro da considerável vigência. Adotar essa providência serve também como filtro,  depois de tantas desabonadoras homenagens concedidas por meio de inescrupulosos apadrinhamentos.Valendo apontar duas personalidades,  destacadas no mundo:  o pintor João Cabral , "Jobalo" e o artista Nélson Gonçalves, " Nelson Triunfo".



Por: Carlos Ferraz/ Editor
        TRIUNFO - PE

15 comentários:

  1. Vejo como mais uma excelente sugestão do companheiro Ferraz que não vem medindo esforços através do seu jornal para resgatar e enriquecer a memória cultural da sua cidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A religião trabalha com a fé emotiva que, diga-se de passagem, não traz nenhum benefício prático

      Excluir
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    3. ESSA IDEIA DE RECONHECER TRIUNFENSES QUE SE DESTACARAM AINDA VIVOS NÃO DEIXA DE SER MARAVILHOSA. PARABÉNS!

      Excluir
    4. Acompanho seu excelente trabalho na defesa da cidade, meus parabéns pela iniciativa meu amigo Carlos Ferraz. Vc sempre foi assim.

      Excluir
  2. Flávio Alves Medeiros5 de janeiro de 2017 06:28

    Realmente é um trabalho movido a sonhos. No início, até m duvidei que pudesse romper tantas barreiras, mas o pessoal sempre teve grande fé e determinação, terminando no reconhecido sucesso desse inovador jornal com ideias bem à frente do seu tempo, que podem, devem e vendo dando certo, pelo que acompanho, devido também ao nível potencial de capacidade dos seus integrantes com os quais tive oportunidade de conviver. Hoje inclusive, o mesmo vem operando de acordo com o previsto no passado de Casa do Estudante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito oportuna a proposta e os primeiro citados que podem ser homenageados pela representatividade internacional que possuem e não reconhecidos nesse município.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  3. NÃO CONTINUE NO ERRO, NUNCA É TARDE PARA DEIXAR DE ERRAR E FAZER O QUE É CERTO.

    ResponderExcluir
  4. Nós devemos e podemos mudar essa cultura, para que nenhuma homenagem seja mais realizada como antes, agraciando elementos sem qualquer razão comprovada ou que pregaram suspeitas realizações em favor da comunidade.

    ResponderExcluir
  5. A Câmara de Vereadores que praticamente não foi renovada que já possui o ranço de homenagear, dar títulos de cidadão a quem nunca fez nada pela cidade ou para dar nome de ruas, avenidas, praças a pessoas que não tiveram a menor significância, poderá acontecer diante do que se vê. Uma Câmara de Vereadores que antes mesmo das eleições já aumentaram seus salários para cerca de seis mil reais e que apenas se juntam duas vezes por mês para discutirem sobre votos de condolências, aplausos e nenhum projeto para a cidade. Os poucos projetos apresentados sequer saem do papel ou tem aprovação do executivo e enquanto isso, mesmo nos primeiros dias de gestão, o abandono em segurança, saúde,agricultura, crimes ambientais e invasões ilegais de terras públicas continuam. Como não entender que houveram processos por improbidade administrativa do governo anterior e que já possui sentença condenatória de primeiro grau? Recorrem e ficam empurrando com a barriga para ver se nada acontece. Enquanto o povo da cidade, aqueles que elegeram este governo, não passarem a discutir, protestarem, comparecerem à Câmara de Vereadores em massa para pelo menos inibirem estas ações desrespeitosas para com a população, continuaremos no ostracismo, na reta do abandono total.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns Dr Terto, o único ser a se posicionar contra essas maldades cometidas sobre a população que não está nem se lixando a e na defesa da cidade que cada vez mais se prejudica.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  6. Parabéns a Dr. Terto por sua opinião tão clara , realista e sincera. Triunfo sigue sendo uma cidade que sempre favorece aos mesmos, não saem do mesmo círculo. Triunfo tem que deixar de ser uma cidadezinha de uma beleza natural impressionante, porque quando falta água se termina com sua riqueza. Batista tem na suas mão a oportunidade de mudar esta situação. Triunfo necessita más oportunidade, crescimento econômico e infraestrutura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir

Caro leitor, seja educado em seu comentário. O Blog Opinião reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório e ofensivo, como também os que contenham palavras de baixo calão. Solicitamos a gentileza de colocarem o nome e sobrenome mesmo quando escolherem a opção anônimo. Pedimos respeito pela opinião alheia, mesmo que não concordemos com tudo que se diz.
Agradecemos a sua participação!

NOSSOS LEITORES PELO MUNDO!