terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

SAÚDE: VIGILÂNCIA SANITÁRIA NÃO ESTÁ FUNCIONANDO COMO DEVERIA - POR CARLOS FERRAZ






Tem - se uma precisa informação que na atualidade, dispõe o Município de Triunfo, o número significativo de 17 mil habitantes, ocupando uma área de unidade territorial de 191, 518 Km², dados atestados. No entanto esse número chega  praticamente  a dobrar nos períodos festivos, durante feriados e finais de semana, tanto no período do verão e do inverno, a quantidade de pessoas acolhidas na famosa Estação Climática e Estância Balneária. Apesar dessa reconhecida movimentação habitual ocorrida,  infelizmente a atual infraestrutura aparece com visíveis e crescentes, vulnerabilidades e deficiências Tudo devido a ausência do órgão de inspeção, com responsabilidade da área de Vigilância Sanitária.

Estão sendo recebidas, mensalmente, dezenas de reclamações de consumidores, denunciando que aquela unidade pública municipal, não atua de acordo, como deveria funcionar, baseado na legislação vigente. E assim passa a atormentar grande parte daqueles menos favorecidos, setor alienado da população sem qualquer preocupação de averiguar a qualidade e condições dos produtos. Quando deviam se  costumar exigir os seus direitos básicos constituídos. Estão sendo comprovados nos diferenciados  pontos comerciais diversos, lugares sem a menor condição de funcionamento, pela ausência mínima de higienização, sem qualquer preocupação das autoridades sanitárias vinculadas à Prefeitura Municipal de Triunfo.

Devendo logo no início da gestão,  começarem  a  exigir dessa gente descumpridora de normas, integral funcionamento desses comércios, a obedecer critérios legais, determinados pelo Código de Defesa do Consumidor (CDC) , onde é imprescindível cuidados especiais e a natural limpeza diária, principalmente àqueles sujeitos a receber manipulação de alimentos. É preciso o quanto antes, adotarem outro tipo de procedimento, relativo a pousadas, hotéis, albergues, restaurantes, bares, lanchonetes, sorveterias, que fiquem  obrigados  manter seus espaços de maneira abrangente organizada e limpa. Tanto aqueles  localizados na área urbana, como, na área rural, devendo assim, manterem a prestigiada imagem da cidade frequentada por visitantes e turistas, das mais diferentes regiões do Brasil e Exterior. 



Por: Carlos Ferraz
         Editor/ TRIUNFO - PE

27 comentários:

  1. Como deixar de reconhecer uma voluntariedade dessa atuando nos mais diferentes flancos? Nos resta somente aplaudir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez esteja faltando mais dinâmica de grupo. É hora do prefeito mostrar como ele se comporta em equipe. Ser autêntico e tranquilo é essencial.Não se deve continuar fazendo vista grossa e favorecendo esses comerciantes indecentes que vendem mercadorias caras e vencidas, não primando na higiene, passando a administração pública a acobertar os erros deles, no receio de perder votos. E o restante da população, como é que fica? A mercê de adquirir uma doença?

      Excluir
    2. Bravo, Carlinhos!! Belíssima autuação!! Grave realidade...
      Denúncia providencial!!
      Batista...vamos lá!! Por favor, FOCO numa atuação eficiente desse órgão e no combate, URGENTE, dessa gritante e amoral transgressão!!
      Os triunfenses e turistas MERECEM respeito e mínimas condições de controle ambiental e à saúde

      Excluir
    3. TRIUNFO NECESSITA DE PLANEJAMENTO ADMINISTRATIVO E NÃO CONTINUAR TUDO NA BASE DO IMPROVISO, DEPENDENDO SEMPRE DO CRIVO DOS GESTORES DA CIDADE QUE NÃO COSTUMAM ADMINISTRAR RESPEITANDO AS VONTADES POPULARES E NEM PRIORIDADES REIVINDICADAS PELA POPULAÇÃO. MAS FAZER TUDO DE ACORDO COM A SUAS VONTADES PESSOAIS E CONVENIÊNCIAS ABSURDAS. E COMO BEM ENTENDEM, ESQUECEM QUE NÃO SÃO DONOS DE TUDO.

      Excluir
    4. A prefeitura deve apertar o cerco a esses vendedores irresponsáveis que não se preocupam com a saúde dos consumidores. A Secretaria de Agricultura tem que agir e colocar na Vigilância Sanitária para fiscalizar esse monte de gente que está sem fazer nada ocupando cargos indicados como favor político.

      Excluir
  2. Luiz Gonçalves Lima20 de fevereiro de 2017 10:11

    Uma providência que vcs estão alertando e reivindicando faz um bom tempo sem que as autoridades municipais produzam qualquer ação de combate a esse desrespeito à população em geral, tudo para não melindrar esses comerciantes irresponsáveis que colocam em risco a vida das pessoas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como pode isso acontecer numa cidade que se diz turística? Assim é demais, também! Que custa funcionar dentro das regras básicas de limpeza que preservem a saúde dos frequentadores? O mínimo que deveriam fazer por educação.

      Excluir
    2. Antonio Carlos Alves da Silva21 de fevereiro de 2017 20:17

      Essa é uma conquista que deve ser alcançada na marra, sem esperar que a prefeitura resolva intervir quando bem entender, pois o prejudicado direto nessa bagunça é você

      Excluir
    3. Quando o pessoal da Saúde vai assumir que é profissional executando a fiscalização desses comércios dentro daquilo que lei determina?

      Excluir
    4. PARABÉNS Carlinhos!! De novo...uma vez mais . NÃO me canso de fazer-te elogios e de levantar a tua Bandeira. SEMPRE em prol do desenvolvimento turístico e econômico da nossa querida Triunfo...Batista, querido prefeito, procura incluir em tua equipe e aproveitar tantas ideias brilhantes e exequíveis deste triunfense ilustre e apaixonado, Carlos Ferraz, tão bem preparado... - também politicamente... conhecedor profundo da nossa história, das reais necessidades e carisma da nossa eternamente amada Cidade Natal!!!

      Excluir
  3. Vamos contratar o LINEU!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    2. NÓS PODEMOS ! E DEVEMOS EXIGIR HIGIENE NESSES PONTOS CONCESSIONADOS E PARTICULARES. SAÚDE É PRIORIDADE.

      Excluir
  4. Não sei mesmo como ainda recebem autorização de funcionamento aqueles bares que ficam na praça do açude com sanitários improvisados e sem água para lavar as mãos depois das necessidades fisiológicas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é pura imundice sim. nem água corrente tem. são baldes pra lavar os pratos,copos, garfos e facas. meu deus

      Excluir
    2. Antonio Carlos da Silva21 de fevereiro de 2017 07:01

      Virou uma zona esse serviço de fiscalização de faz de conta que não pune esses transgressores e nem recolhe produtos deteriorados e com data de validade vencida. É o famoso "arrumadinho" que duvido resolver nessa gestão que é a continuação das anteriores.

      Excluir
    3. VVVVVVVVVVVVVVVVVVVVV

      Excluir
    4. desejo uma rota gestora par o desenvolvimento, não atuar contra esses abusos, terminam por macular a nova gestão

      Excluir
    5. Ferraz, seu zelo por Triunfo é algo admirável que tem se intensificado e parece que com o novo prefeito o desprezo parece que começou a se recuperar.Avante!

      Excluir
    6. Parabéns a esse jornal que busca permanentemente pela inovação dos hábitos nessa cidade, visando beneficiar seus moradores.

      Excluir
  5. FALTA DE ATITUDE POLÍTICA, QUE ESTÁ LONGE DE SER ACABADA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    2. INADMISSÍVEL ACONTECER TAMANHO DESLEIXO DA FISCALIZAÇÃO MUNICIPAL. CONSIDERO UM DESSERVIÇO AOS INÚMEROS CONSUMIDORES. ESPERA-SE SOLUÇÕES RÁPIDAS.

      Excluir
  6. Triunfo está precisando urgentemente de uma vigilância atuante. Está acontecendo casos gravíssimos em nossa cidade. Vamos a vários restaurantes e quando olhamos o vencimento dos produtos percebemos que é da da inauguração, a anos atrás. Isso é um absurdo, falta de respeito ao cliente. Eu mesmo já cheguei a reclamar. Tem restaurante aqui em Triunfo que foi visitado em 2013. E esses outros anos onde fica? E a saúde das pessoas? Já passou da hora de tomarem uma atitude. Tem que ser visitado todo o comércio,restaurantes, bares seja onde for. Na periferia ou no centro da cidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. uma vergonha e um desrespeito com todos

      Excluir

Caro leitor, seja educado em seu comentário. O Blog Opinião reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório e ofensivo, como também os que contenham palavras de baixo calão. Solicitamos a gentileza de colocarem o nome e sobrenome mesmo quando escolherem a opção anônimo. Pedimos respeito pela opinião alheia, mesmo que não concordemos com tudo que se diz.
Agradecemos a sua participação!

NOSSOS LEITORES PELO MUNDO!