domingo, 26 de março de 2017

EDUCAÇÃO: CAMPANHA TRIUNFENSE PARA INCENTIVAR A LEITURA - POR CARLOS FERRAZ







Diante a comprovação sistemática definida ao longo do tempo de atuação dos informativos locais, através de pesquisas desprovidas de interesses outros, geralmente realizadas por pessoas interessadas no integral bem comum da sociedade triunfense, chegou-se à conclusão substancial, relativa à urgente necessidade de desenvolver nas crianças e adolescentes, de todos os recantos do Município de Triunfo ( sede, bairros periféricos, distritos: Vila Canaã e Vila Jericó - e sítios polos regionalizados ( Mata Redonda, Santa Maria, Brejinho,  Santa Luzia, Espirito Santo, Apolinário,  Lajes,) o importante hábito de ler, com o objetivo de fomentar e valorizar a saudável prática de leitura e procurar incentivar o uso das bibliotecas públicas disponíveis no município, que são mínimas, e sem funcionamento digno.

Na posse dessa informação precisa e lógica, no objetivo de avançar na conscientização dos munícipes logo cedo, a Secretaria de Educação, deveria promover junto às secretarias de Assistência Social e Turismo, Cultura e Desportos, depois de profunda e minuciosa análise das condições do quadro funcional dessas citadas Pastas e disposição realista da administração municipal conduzida pelo recém- assumido prefeito João Batista Rodrigues dos Santos, um envolvente concurso  trimestral a ser divulgado aos quatro ventos, após, respaldado por órgãos respectivos, federais, estaduais e mais empresas da iniciativa privada, dispostos a colaborar no beneficente projeto, que pode  muito bem reduzir essas contribuições espontâneas no pagamento dos impostos.

O objetivo da campanha é tanto chamar a atenção para a leitura como uma atividade prazerosa quanto um caminho para o crescimento pessoal dos leitores. Voltada a públicos de todas as classes, mas principalmente para a C, D e E, onde concentra-se a maioria dos não-leitores ,a campanha também busca estimular a prática da leitura nas famílias e entre jovens e adultos, faixa etária em que, segundo os estudos, há uma redução gradativa dos índices de leitura. Podendo ser registrado um fato atual lamentável,  que significa retrocesso: a Empresa JCPM, haver comunicado por correspondência, a retirada do seu tradicional e mais vendido em Pernambuco e Nordeste,' Jornal do Commercio', devido ausência de leitores,  que estaria causando prejuízo.

Lembrando que o Diário de Pernambuco chega em pequeno número para os professores das escolas públicas - graças posição anterior do Governo do Estado,  mas e nem assim consegue ser consumido por todos eles, também adversos à leitura diária. Por isso mesmo, defende-se com veemência, essa sugestiva forma de selecionar os jovens, mais aplicados leitores, para compor essa travessia educacional que receberia a denominação  " Ler Faz Muito Bem', sendo organizada por uma comissão restrita a reconhecidas figuras experientes triunfenses, gabaritadas na área, educadores atuantes e destacados professores aposentados  ( Maria Helena Pádua, Maria do Socorro Rabelo, Luzinete Nogueira, Socorro Alves, Marluce Queiroz, Helena Vieira,  Solidade Pádua, Bernadete Santos,  Socorro Bezerra, Aparecida Queiroz, Marluce Bezerra, Estelina Pádua, Maria do Socorro Feitosa,  Maria do Socorro Vasconcelos, entre outras). Podendo ainda, caso seja aprovado o inicial plano desenvolvimentista,  por semestre incluir no programa voluntários, adultos e idosos.

Talvez apareçam costumeiros derrotistas viciados na politicagem barata e práticas nocivas, como: assistencialismo, paternalismo e nepotismo, para condenarem esse posicionamento determinado.  Estão movidos pelo  alto grau de inércia que  chega atingir  no momento a antes conscientizada comunidade. No entanto o  hábito da leitura é de extrema importância, na idade escolar e demais, porque envolve além do ensino fundamental matriculados na rede municipal de ensino, boa parte dos moradores carentes de esclarecimento educacional para ter visão global do que acontece no mundo, deixando assim a reconhecida indiferença e omissão de lado, passando a defender seus direitos básicos.



Por: Carlos Ferraz
         Editor/ TRIUNFO - PE

20 comentários:

  1. Como, se a Biblioteca Pública foi instalada num lugar inviável através do arrumadinho de sempre?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    2. Ana Cláudia Freire17 de março de 2017 08:39

      Durante anos, a educação foi baseada apenas na transmissão de conteúdo do professor ao aluno. Restrita apenas ao conhecimento que o mestre detinha. Entretanto, a evolução de de tecnologias, as necessidades humanistas e o incentivo para que mais estudantes buscassem conhecimento fizeram com que o modelo adotado para educação ficasse obsoleto.

      Excluir
    3. Que lindo! Obrigada! Estou fazendo na escola um incentivo a leitura! A maleta viajante! Depois vou te mandar o projeto! Suzane e eu! Está bastante animado! Um grande abraço!

      Excluir
    4. Este projeto Maleta Viajante teve inicio agora em março! Escola Nova Geração -Objetivo! Suzane Borges e eu preparamos as maletas e estão viajando pelas turmas! Todos os dias um aluno é sorteado!!! Depois te envio umas fotos! Estamos felizes com o resultado!

      Excluir
    5. Como assídua leitora, faço questão de dizer que esse assunto tem sido bastante citado nas publicações diárias de Carlos Ferraz. Costumo procurar sempre, ler, analisar, e se possível elogiar, neste espaço reservado aos comentários, sobre esse operoso trabalho desempenhado sem cobrar reconhecimento pessoal ou retorno financeiro.

      Excluir
    6. Infelizmente, as drogas de mãos dadas com as armas, em maioria, vêm das nossas fronteiras.E contra isso nada tem sido feito.

      Excluir
  2. MARIA DE FÁTIMA RODRIGUES16 de março de 2017 08:28

    MUITO OPORTUNO QUESTIONAMENTO DO CARLOS FERRAZ QUE DEMONSTRA PREOCUPAR-SE COM TODOS OS SETORES DE TRIUNFO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns!

      Excluir
    2. Chegamos no final de 2016 rodeados e preocupados com uma forte crise econômica vivida pelo País. Um cenário de incertezas ronda a cabeça de todos os brasileiros e dezenas de perguntas permanecem sem respostas. Entre as dúvidas está o desenvolvimento da educação nacional.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  3. Sou mais Dr. Bruno Jackson na Secretaria de Turismo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    2. José Roberto Marinho17 de março de 2017 08:48

      O ano passado terminou com notícias conflitantes na combalida educação brasileira.De um lado, defensores do status quo - pois a prática é do que trata, defender o que aí está - persistem na campanha contra as mudanças no ensino médio, propostas pelo governo federal. E promovem baderna, destruição e até crimes em nome da manutenção de um sistema falido.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  4. Francisco A. Rodrigues16 de março de 2017 09:45

    No início tudo são flores, quero ver depois quando a lua de mel acabar, se essa gente alienada vai continuar se iludindo e esquecendo de condenar os erros que começam a aparecer por baixo do tapete.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  5. Um dos maiores desafios para os educadores é ajudar educandos a se prepararem para o exercício do seus direitos e o cumprimento das responsabilidades. Esse desafio faz parte da reforma cidadã.A vida em sociedade e as consequentes inter-relações exigem a formulação de regras de conduta que disciplinam a interação entre pessoas, empresas e nações com o objetivo de alcançar bem comum e a organização sócio-político-econômica.

    ResponderExcluir
  6. Eu quero é ver se um Gestor João Batista vai é continuar com toda essa equipe que está aqui dentro só comendo sem fazer nada sendo pago com os nossos impostos até o final do mandato, sem contar que tem uns que o dinheiro vai só para a conta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir

Caro leitor, seja educado em seu comentário. O Blog Opinião reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório e ofensivo, como também os que contenham palavras de baixo calão. Solicitamos a gentileza de colocarem o nome e sobrenome mesmo quando escolherem a opção anônimo. Pedimos respeito pela opinião alheia, mesmo que não concordemos com tudo que se diz.
Agradecemos a sua participação!

NOSSOS LEITORES PELO MUNDO!