sexta-feira, 30 de junho de 2017

AGRICULTURA MUNICIPAL PREJUDICADA DEVIDO AUSÊNCIA DE CONTROLE - POR CARLOS FERRAZ







Os agricultores triunfenses já não podem contar com as terras virgens existentes nas propriedades situadas na vasta e abundante periferia da cidade de Triunfo. As mesmas eram  detentoras de reconhecidas e destacadas fertilidades, capazes de satisfatórias produções. Agora complicou-se  para continuar a cultivar seus tradicionais produtos agrícolas - como faziam no passado recente, quando providenciavam seguidos anos os citados terrenos -  nos períodos de inverno, realizando extensos roçados destinados  ao plantio de milho, feijão e mandioca.

Essas  valorosas áreas bem  próximas do Centro urbano,  destinadas geralmente pelos proprietários a sua liberação para roçado -  na base do sistema  de meia-  aos eventuais plantadores interessados na obtenção de alimentos para sobrevivência  familiar ou destinadas a negociações na feiras-livres ou troca em "bodegas" e "vendas". Agora,   estão quase totalmente  ocupadas pela especulação imobiliária. O que resta de consolo hoje é aumentar a produtividade dos solos já cultivados, mediante o emprego de melhor tecnologia e mão-de-obra especializada, visando recuperar as chamadas "terras cansadas" ou "velhas'

Depois de  algumas troca de ideias com  experientes profissionais do ramo, a exemplo de conhecidos engenheiros- agrônomos e técnicos- agrícolas, a expansão geográfica da agricultura triunfense teve como causa  maior  justificável  de enorme prejuízo e grande na perda na fertilidade dos solos,  os desastrosos plantios equivocados da cana-de-açúcar em lugar do abundante número de valorosas fruteiras, utilizando venenosos fertilizantes.

Essas plantações  foram agredidas durante várias  décadas de maneira impiedosa e destruídas maldosamente por supostos produtores,  falsos inovadores e  precipitados agricultores. Infelizmente, essas  gestões públicas com suas figurativas e inúteis secretarias municipais de agricultura, deixaram de atuar como deveriam,  em defesa da natureza. Muito  embora,  oficializadas e detentoras de poderes legais. Nada  fizeram...

Deixaram tudo acontecer de acordo com as desinformações ou acessos de verdadeiras loucuras, dos contraditórios donatários, que muito mexeram, trocando de cultivos e nada conseguiram. Muito pelo contrario,  deixaram  esse lamentável  saldo de prejuízo destinado ao meio ambiente do Município de Triunfo, bastante elogiado outrora. Não se pode continuar assim, tudo necessita de  limites...

 
Por: Carlos Ferraz
         TRIUNFO-PE 

13 comentários:

  1. Todos os dias, principalmente no horário da manhã e no final da noite, costumo fazer as minhas leituras no Blog Opinião Triunfo. Observando atenta suas publicações que são de grande valia para esse município interiorano. Não se pode realmente deixar de reconhecer a importante prestação de serviços prestados nos mais diversos setores da localidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eram caminhões e mais caminhões de frutas, verduras e hortaliças saindo todas semanas para as feiras livres dos municípios vizinhos.

      Excluir
  2. Maria Lúcia Rodrigues de Lima28 de junho de 2017 13:39

    Excelente matéria do jornalista Carlos Ferraz. No texto repassa a significação expressiva da tradicional atividade agrícola para o rendimento econômico e desenvolvimento da prática que há décadas se desfruta de inegável benefícios.

    ResponderExcluir
  3. José Alves Bezerra28 de junho de 2017 13:43

    A prefeitura não pode ignorar várias denúncias sobre fatos oportunos como esses que terminam apresentando acontecimentos que podem expor o município e a população de uma realidade vivida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cláudio José Nogueira28 de junho de 2017 17:20

      Parabéns Ferraz!!!

      Excluir
  4. Deve ser enviada uma equipe técnica da PMT aos locais onde estejam havendo denúncias desmatamento para constatar a veracidade das informações e tomar as providências cabíveis para resolver as possíveis pendências encontradas nas definidas áreas.

    ResponderExcluir
  5. Edvaldo Pereira dos Santos28 de junho de 2017 14:04

    Política no Brasil é mesmo um meio de vida. Estamos há mais de um ano das eleições e a movimentação entre os políticos já é bastante significativa. Alguns que são deputados federais, dizem que serão senadores. Boa parte tem familiares na política e acenam que vão introduzir os que ainda não entraram. Tudo isso sem combinar com o povo, que somente é lembado na hora do voto.

    ResponderExcluir
  6. Esses políticos são hábeis em usar imagens públicas indevidamente, dizendo que são responsáveis por uma ideia, uma obra com recursos públicos, quando a paternidade é do povo.

    ResponderExcluir
  7. Mais uma vez solicitamos que a Prefeitura de Triunfo seja acionada para realizar um serviço de recuperação dessas áreas agrícolas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Triunfo era grande produtor e reconhecido distribuidor para toda a região do Sertão

      Excluir
  8. O Brasil paga um alto preço pelo ambiente político-econômico de corrupção que vive. Tal situação macula sua imagem, causando impacto na economia, afastando investidores e credores, gerando desemprego, privando os mais pobres de políticas públicas.

    ResponderExcluir

Caro leitor, seja educado em seu comentário. O Blog Opinião reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório e ofensivo, como também os que contenham palavras de baixo calão. Solicitamos a gentileza de colocarem o nome e sobrenome mesmo quando escolherem a opção anônimo. Pedimos respeito pela opinião alheia, mesmo que não concordemos com tudo que se diz.
Agradecemos a sua participação!

NOSSOS LEITORES PELO MUNDO!