terça-feira, 13 de junho de 2017

POESIA: LIÈGE MELO DECLAMA SEU AMOR A TRIUNFO




TRIUNFO

É muito bom voltar e te olhar
com esta sensação que nunca parti -
eu que em tantos lugares quis aportar,
indago-me confusa, se realmente vivi.
Os sentidos em outras terras vagaram,
a alma fiel jamais se afastou daqui,
até quando me pensei distante,
havia brumas e serras, coladas em mim.
Para ti guardei olhos que se encantam
descompassados com os ponteiros do tempo -
vislumbram cheiros, penetram recantos,
desvendam infância em busca de alento.
Hoje, enfim, a harmonia resolveu cravar
a magia da visão no fruto mental do tormento,
ser triunfense vai além de dado de nascimento
é nunca afastar Triunfo das asas do pensamento

Liège de Melo
Poetisa


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro leitor, seja educado em seu comentário. O Blog Opinião reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório e ofensivo, como também os que contenham palavras de baixo calão. Solicitamos a gentileza de colocarem o nome e sobrenome mesmo quando escolherem a opção anônimo. Pedimos respeito pela opinião alheia, mesmo que não concordemos com tudo que se diz.
Agradecemos a sua participação!

NOSSOS LEITORES PELO MUNDO!