terça-feira, 31 de janeiro de 2017

INTERNET NÃO INFLUENCIA AINDA NA CONSCIENTIZAÇÃO LOCAL - POR CARLOS FERRAZ



Depois de uma minuciosa análise relacionando o quadro atual de avanços no belíssimo município triunfense, chegou-se à conclusão de que é preciso admitir que na maioria das comunidades de Triunfo, o poder do conhecimento das pessoas em geral, não foi ainda descoberto como deveria, salve-se mínimas exceções nos pontos mais distintos possíveis do território, onde quase ninguém pode apontar essa raríssima legitimidade com a precisão desejada.

Infelizmente o acesso à informação no território virtual da internet, não faz parte da realidade sonhada para milhares de pessoas residentes na cidade "Oásis do Sertão", tanto na sede como nos bairros periféricos, distritos ( Vila Canaã e Vila Jericó) e nos sítios da zona rural. Quase todos ignoram os efeitos positivos da internet e acompanham de maneira tão equivocada que termina servindo como instrumento de alienação e dependência ilusória.

Para mudar essa situação atrasada, defende-se que os leitores procurem observar com devida reserva muitas publicações falsas que são publicadas com o intuito de passar a abraçar propostas para conseguir mudanças de pensamento visando somente a manutenção do poder constituído pelo voto. Precisa que esse importante meio conscientizador venha a ser adotado e consolidado em Triunfo e as pessoas adeptas à internet, procurem fazer escolhas acertadas dos órgãos informativos. Assim dispondo dessa rede alternativa séria, talvez possa tornar-se capaz de responder às demandas das comunidades que reivindicam eficiente prestação de serviços municipais. É cada vez mais um requisito básico para o desenvolvimento econômico e social e para melhorar a vida dos cidadãos de maneira democrática.


Por: Carlos Ferraz/ Editor
        TRIUNFO - PE

10 comentários:

  1. Marcílio Siqueira4 de janeiro de 2017 10:05

    Um alerta necessário Carlinhos, porque o pessoal somente utiliza a rede para bobagens e termina acreditando na primeira "perua" lançada para confundir o leitor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NÃO CONTINUE NO ERRO, NUNCA É TARDE PARA DEIXAR DE ERRAR E FAZER O QUE É CERTO.

      Excluir
    2. Pedro Lopes da Silva5 de janeiro de 2017 07:04

      Independe do vício em álcool, drogas ilícitas ou redes sociais, a mecânica cerebral é a mesma.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    4. Eu tenho é pena de nós triunfenses. Está bem claro que alguns Secretários foi só arrumadinho. Veja no Facebook. A própria mãe do filho do Prefeito Sra. Tarciane Melo, tomou Posse para Gerenciar a Saúde e está passeando em Fernando de Noronha, debochando da cara de nós Triunfenses, mostrando fotos e tudo. E achando tudo lindo! Fosse outro dia ou então não colocasse foto para está rindo da cara dos abestalhados Triunfenses. Se aceitou ser Gerente da saúde assumisse com responsabilidade, depois ia fazer seus passeios. Tudo por dinheiro, não tem jeito.

      Excluir
  2. Pesquisa mostra que facebook age no cérebro. A análise foi feita a partir do sistema cerebral impulsivo das pessoas ao utilizarem a rede social.

    ResponderExcluir
  3. Maria de Fátima Alves5 de janeiro de 2017 06:13

    Os desafios da juventude atual, são conflitos familiares, dúvidas om relação à formação acadêmica, dificuldade para conseguir emprego e envolvimento com rogas: como superar tantos dilemas? Que saibam então, utilizar a internet.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  4. O uso das redes sociais pode passar do normal para o vício em apenas um passo.

    ResponderExcluir
  5. A internet e bom quando se usa para o bem, mas quando se usa para o mal e ruim. O pior que as pessoas aproveitam para fazer o mal. A internet termina virando um vício. As pessoas não querem mais pesquisar em biblioteca que levava as pessoas a racocinar. Procura a internet porqu o assunto ja vem quaae pronto.

    ResponderExcluir

Caro leitor, seja educado em seu comentário. O Blog Opinião reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório e ofensivo, como também os que contenham palavras de baixo calão. Solicitamos a gentileza de colocarem o nome e sobrenome mesmo quando escolherem a opção anônimo. Pedimos respeito pela opinião alheia, mesmo que não concordemos com tudo que se diz.
Agradecemos a sua participação!

NOSSOS LEITORES PELO MUNDO!