quinta-feira, 29 de junho de 2017

O MEU OLHAR: TRIUNFO... UM NOVO ÂNGULO E INUMERAS PERSPECTIVAS - POR VERA SILVA









Permitam-me queridos leitores do Blog Opinião Triunfo, iniciar esse nosso breve encontro, com uma frase que me é bastante inspiradora:

Sem sonho o mundo seria totalmente miserável. A palavra sonho significa para mim aquela utopia criadora, que se relaciona com a fé. O mundo muda a partir de alguns homens, poucos numerosos, mas animados de muita FÉ.” (Albert Tévoédjerè).

Explorando a frase, podemos entender o quanto o SONHO está relacionado à CRIATIVIDADE, a criatividade está relacionada à FÉ e a fé está intimamente relacionada à MUDANÇA E INOVAÇÃO.

Somos todos cidadãos do mundo. Com a globalização, a tecnologia e inúmeros outros recursos “longe é, realmente hoje, um lugar que não existe”...  Depende da vontade de cada um, buscar o que melhor lhe satisfaz.

Existe, porém, uma dicotomia: Pode-se estar longe fisicamente e perto no coração, ou, perto fisicamente e longe do coração. No que se percebe, relacionando a nossa linda e querida cidade de Triunfo, é que todos nós, seus filhos, independente de onde estejamos, continuamos mantendo as nossas raízes bem fincadas aí, nesse Oásis do Sertão.
Mas quais serão os motivos desses vínculos tão sólidos?

Particularmente, tive há poucos meses, o prazer e a alegria genuína de reencontrar uma amiga querida de infância. Um feliz acaso que Deus nos preparou, depois de mais de 20 anos, creio. Um encontro de pouco menos de 1 hora que nos rendeu muitas reflexões, belas e singelas recordações em comum, abraços sinceros e a certeza de que quando os sentimentos são verdadeiros, a distância física é apenas um pequeno detalhe que não conta...

E foi relembrando nossas conversas que encontrei os maiores pontos de convergência dos nossos melhores momentos: O nosso cotidiano e as nossas pequenas aventuras de jovens estudantes do Colégio Stella Maris... Os ensaios de banda para o desfile de sete de setembro e outras festividades, os encontros na pracinha Carolino Campos logo após... Os meses de maio extremamente frios e nublados, com suas novenas tão comemoradas e coordenadas com disciplina pelas freiras alemãs... A biblioteca com seus livros tão requisitados... Os passeios pelos “bosques” do colégio e sítios... Nossos trabalhos de pesquisa... As colegas de classe, cada uma com sua história pessoal... Os filmes assistidos semanalmente no Cine Teatro Guarani... Ou, simplesmente, os passeios na pracinha, voltas e mais voltas a conversar e rir escutando as músicas tocadas no serviço de som do Cine Guarani. Uma vida simples, sem violências... Sem os medos da vida moderna, sem muito luxo (pelo menos para mim). E, por aí vai...

À primeira vista nada extraordinário. Porém, só quem viveu essa época sabe o quanto foi marcante e especial.  O quanto foi importante e alicerçou os nossos sonhos de vida profissional e pessoal. Enfim, creio que o legado dessa época permanece e une os inúmeros corações de triunfenses, não importa onde estejamos.

É com alegria também que, a cada ida e vinda, percebo como tudo mudou, evoluiu e tem progredido em nossa cidade, a cidade, que é de todos nós.

Fruto do passar dos tempos... Fruto da evolução natural... Fruto da mudança cultural...
Relembro então, um pedacinho da frase que citei no início: “O mundo muda a partir de alguns homens, poucos numerosos, mas animados de muita FÉ.” É bonito perceber o quanto é transformador a CRENÇA no SONHO, a PERSERVERANÇA e a FÉ!

Alegro-me, sinceramente, com as realizações dos muitos homens, mulheres e jovens da nossa terra, que hoje estão UNIDOS, engajados e empenhados nessa tarefa de renovação, modernização e desenvolvimento da nossa cidade em todos os âmbitos: educacional, social, político, empresarial, comercial, turístico.

Alegro-me de ver a juventude triunfense florescer com exuberância, tendo hoje, muito mais recursos do que outrora: recursos intelectuais, estudo, lazer, interação social, qualidade de vida e beleza, por que não dizer? Tudo faz parte de uma vida plena!

Nas minhas práticas profissionais em empresas para as quais presto serviços, defendo a valorização: do ser humano, das diferenças individuais, das competências de cada um, para que se possa com motivação, atingir os objetivos organizacionais e pessoais de forma saudável e humana, pois tudo é interdependente.

Creio que é esse o caminho, gente! Tanto para uma empresa, quanto para uma comunidade,  sociedade, um país, o mundo. O caminho do diálogo, da escuta, da EMPATIA, PARTICIPAÇÃO, VALORIZAÇÃO DO OUTRO, da INTEGRIDADE, PROPÓSITO E REALIZAÇÃO.

Acreditemos na LIDERANÇA INSPIRADORA. Temos todos, o compromisso de inspirar e apoiar a formação de crianças e jovens, os líderes do futuro, para que sejam capazes de “fazer um mundo melhor, uma sociedade mais confiável, igualitária e feliz.”

Acreditemos no poder da COOPERAÇÃO. A competição divide, a Cooperação une forças e potencialidades, afinal, parafraseando Paulo Freire: “ Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todo mundo ignora alguma coisa. Todo mundo sabe alguma coisa. Por isso aprendemos sempre.”



Saúde e Paz para todos!
Abraço fraterno!
Vera Silva

4 comentários:

  1. Parabenizo a essa ilustre colaboradora desse conceituado jornal midiático de grande repercussão, Vera Silva, pelo excelente nível de postagens que tem publicado neste valoroso espaço, que deixou de ser restrito aos triunfenses e conquistou adeptos forasteiros como eu, minha família e vários amigos, devido a qualidade e independência do informativo, Diferente de outros blogs que vemos nas redes sociais, completamente direcionados,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito grata por sua avaliação e incentivo. Abraço fraterno.

      Excluir
  2. Fátima Rodrigues28 de junho de 2017 17:11

    Parabéns senhora Vera, o texto foi oportuno para o momento que vivemos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Fátima! Bom saber que você está sempre lendo e participando. Abraço fraterno!

      Excluir

Caro leitor, seja educado em seu comentário. O Blog Opinião reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório e ofensivo, como também os que contenham palavras de baixo calão. Solicitamos a gentileza de colocarem o nome e sobrenome mesmo quando escolherem a opção anônimo. Pedimos respeito pela opinião alheia, mesmo que não concordemos com tudo que se diz.
Agradecemos a sua participação!

NOSSOS LEITORES PELO MUNDO!