segunda-feira, 13 de agosto de 2018

TESTES PARA IMPLANTAR DE VEZ AS CICLOVIAS E CICLOFAIXAS - POR CARLOS FERRAZ





Sugere-se que a Prefeitura Municipal, através da Setur e respectivas diretorias de Cultura, Esportes, Juventude e Lazer, que implante o sistema que vem sendo adotado em muitas outras cidades e capitais, testando a primeira área de proteção ao ciclista da cidade na área central a princípio. Depois se aprovada,  nos bairros periféricos desse lugar turístico bastante carente do modelo atualmente valorizado, saudável e competitivo, que é o passeio de bike nos sábados e aos domingos, pela manhã inteira e horário da tarde, pré determinado em pontos urbanos estratégicos. Aponta-se  o exemplo da Avenida Pompílio Wanderley, sendo interditados pela Guarda de Trânsito, visando oferecer maior segurança aos ciclistas,  que sem qualquer dúvida,  poderão utilizar a via para diversão ou treinamento. Caso seja realmente o resultado for positivo, tornando permanente  nos dias úteis: das 4h às 6hs e 16 às 18 hs. Trata-se a bicicleta de um veículo que merece ser respeitado, sendo importante receberem os interessados dicas essenciais sobre equipamentos de segurança, leis de trânsito, gestos e vestimentas.


Essa ação protetora capaz de incentivar o uso da bicicleta a exemplo do passado - onde quase  toda casa havia uma ou várias unidades da "magricela" -  Vem existindo sob coordenação de governos municipais em vários lugares de Pernambuco e do Brasil. Na capital paraibana João Pessoa, 15 quilômetros são destinados. Em Recife, Olinda Caruaru, Paulista,  além de  Fortaleza, Natal, Maceió e outros têm vários espaços disponibilizados.No entanto, recomenda-se, não haver  maior comprometimento na mobilidade das áreas escolhidas, onde o volume de veículos necessita ser bastante reduzido. Devendo  ainda serem escalados funcionários e voluntários após receberem informações e ensinamentos, sobre aprender e usar correto a "bike". Isso devido algumas crianças e adultos, infelizmente ainda considerarem a bicicleta como brinquedo, sem qualquer ideia das possíveis consequências negativas que  pode provocar. O prefeito João Batista não sabe ainda manobrar o veículo, mas deverá aprender rápido e procurar e dar melhor exemplo para a saúde dos conterrâneos.  


Por: Carlos Ferraz
         TRIUNFO - PE

6 comentários:

  1. A ideia na teoria é boa. na pratica seria aonde? não bastasse esse transito caótico de Triunfo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existe um grupo organizado que faz roteiros de bike nos finais de semana. Não quis mais esperar as promessas de incentivo que nunca chegam.

      Excluir
  2. Carlão vc demais.

    ResponderExcluir
  3. SOMENTE ACREDITO VENDO. ESSE GOVERNO GOSTA MUITO É DE MÍDIA. POUCO ACONTECE DO QUE TEM SIDO REIVINDICADO PELA POPULAÇÃO CONTRIBUINTE E POR VCS QUE FAZEM UM EXCELENTE TRABALHO SOCIAL

    ResponderExcluir
  4. Não sei qual o motivo dos dirigentes nessa cidade omitirem as propostas sempre feitas pelo senhor.

    ResponderExcluir
  5. Essa conversa da prefeitura é antiga e nada se realiza.

    ResponderExcluir

Caro leitor, seja educado em seu comentário. O Blog Opinião reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório e ofensivo, como também os que contenham palavras de baixo calão. Solicitamos a gentileza de colocarem o nome e sobrenome mesmo quando escolherem a opção anônimo. Pedimos respeito pela opinião alheia, mesmo que não concordemos com tudo que se diz.
Agradecemos a sua participação!

NOSSOS LEITORES PELO MUNDO!