segunda-feira, 13 de agosto de 2018

PRÉDIO DO COLÉGIO STELLA MARIS EM SITUAÇÃO DE ABANDONO CHAMA ATENÇÃO DE EX ALUNOS, TRIUNFENSES E VISITANTES- POR CARLOS FERRAZ





Há muito tempo é questionada de público a fragilidade na administração da Diocese de Afogados da Ingazeira referente ao tradicional imóvel onde funcionou o saudoso Colégio Stella Maris. Gostem ou não as autoridades religiosas, sem qualquer receio, pode-se afirmar que pouco ou quase nada  tem sido realizado para a manutenção daquele suntuoso prédio.

É necessário sempre que a população tome a iniciativa, como tão bem fez a Caravana da Saudade em certa ocasião, pois daquela conceituada entidade apenas ouve-se alegação de ausência de recursos , quando se tem conhecimento da potência financeira da Igreja Católica. 

Toda obra de recuperação dos seus prédios aqui acontecem obrigatoriamente através de campanhas filantrópicas desenvolvidas pelos triunfenses visando preservar o valoroso patrimônio, que por eles se acabam sem haver intervenção.

As fotos que ilustram a matéria mostram a realidade de abandono e falta de cuidados que resultam em uma situação física deplorável bastante diferente da escola referência que sempre foi até encerrar suas atividades. O salão onde funcionava o laboratório do educandário está com o telhado desabado e outros pontos vulneráveis também podem ser identificados. 

Vamos procurar exigir alguma providência, afinal em 2019 , acontecerá os 80 anos do Stella Maris. Não pode continuar o estado de omissão que contagia significativa parte da nossa comunidade. Que cobranças sejam feitas... 

A imagem pode conter: pessoas sentadas e área interna

A imagem pode conter: atividades ao ar livre

















Por: Carlos Ferraz
        TRINFO - PE

121 comentários:

  1. Maninho de netinha9 de agosto de 2018 13:01

    Tive a honra de estudar neste educandário infelizmente as imagens são catastroficas.o colégio Estella Maris sua parte física sempre foi bela quando as irmas franciscanas aínda tinham a posse.fico triste em ve a escola que eu estudei em ruínas,caiu nas mãos de pessoas que nao tem comprometimento nenhum com a cidade de triunfo. E vergonhoso os ex alunos e visitantes irem fazer uma visita ao prédio e ambiente. Alguem Socorra pelo ao menos o prédio para não cair.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João Bosco dos Santos10 de agosto de 2018 09:47

      Isso pode se chamar de desprezo proposital.

      Excluir
    2. Saudades estudei aí com dona Diana

      Excluir
    3. Maria Elizabeth da Silva10 de agosto de 2018 11:16

      Que tristeza.

      Excluir
    4. Infelizmente o colégio de Triunfo está "quase abandonado". Parece-me que a responsabilidade é da Diocese de Afogados (ouvi comentário sobre isso). Alguém teria que assumir, arrendar ou vender. Aquele colégio foi um marco para centenas de pessoas e deveria ser preservado como patrimônio histórico e cultural. Lamentável o descaso!

      Excluir
    5. Muito triste.

      Excluir
    6. Há muito venho denunciando esse absurdo.Infelizmente perdi no celular várias fotografias aterrorizantes enviadas por ex-alunos que visitaram o tradicional educandário e chegaram a chorar devido tamanho abandono. Como não tenho receio de queimação , seja com que for, considero esse desprezo proposital uma verdadeira falta de vergonha de que ficou responsável pelo imóvel que em 1989 completará 80 anos . A sua edificação através das freiras alemães, teve integral participação dos conterrâneos triunfenses da época, a maioria não se encontrando mais entre nós.Caso a nossa inerte Diocese de Afogados da Ingazeira não tenha o interesse que sempre demonstrou, desde quando foi o prédio repassado pelas irmãs franciscanas após o fechamento do Colégio Stella Maris, que repasse a algum órgão em condições de recuperar e manter , a exemplo do Sesc. Não se pode é admitir sem reação uma coisa dessas. Nunca existe dinheiro para recuperar nada, a minha queira Igreja Católica que sigo desde a infância, porem não devo esquivar-me diante a situação vergonhosa. Devemos culpar quem? A comunidade, que sempre é quem recupera seus patrimônios ?Não ! A verdade deve ser dita e mostrada de público, doa em quem doer, porque inexiste respeito com a historia triunfense. Solicito de quem possuir fotos, envie para o Blog Opinião Triunfo, para que matérias sejam publicadas.

      Excluir
    7. Uma vergonha para a dita pátria educadora petista .Esse Colégio tem uma história de orgulho para Triunfo, um escárnio.

      Excluir
    8. Stella Silva Santos10 de agosto de 2018 19:35

      Lamentável. Não gosto nem de chegar perto. Bate uma tristeza.... Este foi meu primeiro local de trabalho.

      Excluir
    9. Humildemente adoraria q nossos representantes locais (prefeito e vereadores) "cobrassem" da DIOCESE um posicionamento sobre a realidade do Stella Maris e junto c a sociedade triunfense encontrar uma solução satisfatória p importante patrimônio de nossa cidade, podendo realizar fóruns de discussões conduzidos pelos vereadores ou mesmo o poder executivo. Esgotadas as possibilidades de acordo/negociação uma medida mais enérgica para recuperar um bem de interesse público

      Excluir
    10. É triste demais vê esse abandono total..sem ninguém se interessar em fazer nada..

      Excluir
    11. Meu Deus , quanta lembrança, quanta saudade dos bons tempos e quanta pena vê-la assim.

      Excluir
    12. Que tristeza!

      Excluir
    13. Um prédio tão lindo!!

      Excluir
    14. Boa Noite pessoal.
      Pois é Necy,eu tenho ótimas lembranças do local pois meu pai trabalhou muitos anos lá e no Recife também, me lembro bem da Madre Superiora Bernadete.
      Entrava escondido pelo sítio pra ver as meninas ensaiarem para o Sete de Setembro e ver elas jogarem bola, é realmente uma lástima essa situação.
      Eu escrevi um texto com o título.
      Colégio para moças de fino trato.
      Encontra se no site Recanto das Letras.
      É um dos textos que escrevi sobre a cidade, este é exclusivamente sobre o Colégio.

      Excluir
    15. Nossa..que pena..estudei nesse colégio...em 1976..era muito bem organizado...cuidado pelas freiras... lamentável , hoje vê assim

      Excluir
    16. Maria José dos Santos12 de agosto de 2018 17:11

      Não deixe esse monumento desabar, autoridades, governantes façam alguma coisa.

      Excluir
    17. Era um colégio de referência nacional.O pároco deveria se informar mais

      Excluir
    18. Poxa...é lamentável ver o Stella Maris assim praticamente em ruínas...eu sempre me orgulhei de todo meu estudo ter sido ai...e me orgulhava em levar turistas para conhece-lo...agora o vejo assim...as autoridades vão deixar cair mesmo?��

      Excluir
    19. Lilian Maria Marinho da Silva14 de agosto de 2018 14:47

      O meu repúdio a está atitude de quem quer que seja. O nosso Colégio pertence ao triunfense e precisamos tomar uma atitude para que isto não aconteça. Afinal ele é fruto de nossas mestras freiras franciscanas que muita luta o construíram. A elas devemos uma parte do que somos. Vamos a luta para reergue-lo.

      Excluir
    20. Um absurdo!

      Excluir
    21. Maria Do Socorro Moura14 de agosto de 2018 16:21

      Carlos Ferraz, assino abaixo do que vc escreveu.
      E também sobre o que Renato Ferraz escreveu.
      Temos que tomar as devidas providências. E só vc pode tomar a frente. Vamos nos organizar e resgatar e restaurar o Stella Maris.
      Sao milhares de alunas espalhadas que agora vamos unir em um só refrão: " Somos todas(os) Stella Maris.

      Excluir
    22. E já faz bastante tempo que está assim

      Excluir
  2. Vergonha total!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A população necessita se mobilizar contrária a esses insensíveis destruidores.

      Excluir
    2. Muito triste ver esse prédio pedindo socorro!!!��

      Excluir
    3. Zilda Estima da Silva10 de agosto de 2018 11:18

      E o prefeito???

      Excluir
    4. Zilda Estima da Silva10 de agosto de 2018 11:20

      Tem que cuidar da cidade e da segurança do povo.

      Excluir
    5. Nadeje Barbosa de Almeida10 de agosto de 2018 11:25

      Ñ reconheço este espaço, tamanho é o desprezo!

      Excluir
    6. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    7. Triste ver nessa situação de abandono o saudoso Stella Maris onde passei 11 anos da minha vida. Tenho ótimas recordações da Casa de Farinha, dos pés de Tamarindo, das hóstias, do Nicolau, Sítio das madres e seus passeios, a quadra onde passei boa parte do tempo e q é razão da minha opção pela EDUCAÇÃO FÍSICA, mesa de "ping pong", sala de datilografia, jogos de vôlei no pátio... vivi intensamente o Stella Maris q SEMPRE fez parte dos meus momentos nostálgicos, um AMOR ETERNO em minha lembrança!

      Excluir
    8. Tristeza vê isso como está lembro muito bem quando estudava aí tudo muito bem cuidado e agora esse abandono! !!!

      Excluir
    9. Lamentável um equipamento deste abandonado e em ruínas!

      Excluir
    10. Lamentável, é pressionar a arquidiocese.

      Excluir
    11. Williams Terto Carneiro12 de agosto de 2018 18:22

      Acerca do posicionamento do pároco de Triunfo sobre as fotos que incontestavelmente demonstram o Estado de abandono do Colégio Stella Maris, creio que após o mesmo afirmar que lá, são recebidos outros párocos, turistas, que serve como pousada, pergunto: o que faz a Diocese para a preservação de um patrimônio maravilhoso instalado na Cidade? Foram vendidas muitas terras que pertenciam ao Colégio e nenhuma reforma foi feita. Existem terras da Diocese ainda que fica acima do Loteamento São Vicente. Está esperando a Diocese que o poder público pague as despesas de recuperação. O teatro/auditório é alugado para qualquer evento e o dinheiro vai para onde? A Diocese tem o dever de preservar este patrimônio que é conhecido no Brasil inteiro e não dá desculpas esfarrapadas pela negligência. Isso acontece com praticamente todo conjunto de patrimônio da Igreja em todo o país. A Diocese, como administradora desses bens, tem que prerva-los e também não por em risco a integridade cultural do patrimônio. Sei que o que escrevo, será alvo de críticas sistemáticas mas pouco me importa. A Igreja tem a sua função e uma delas, é preservar seu acervo patrimonial.

      Excluir
    12. Muito triste... se a população e governantes não se posicionarem fica difícil. Essa turma por ser da igreja se acha deuses.

      Excluir
    13. Maria José dos Santos14 de agosto de 2018 14:20

      Não deixe esse monumento desabar, autoridades, governantes façam alguma coisa.

      Excluir
    14. Antonia De Magalhães Ferraz14 de agosto de 2018 14:49

      "É de cortar o coração" dá vontade de chorar, é triste.

      Excluir
    15. Muito triste!

      Excluir
    16. Claudia Rejane Da Silva Braga14 de agosto de 2018 15:05

      Meu coração chega a doer ao ver essas imagens do Stella Maris ��

      Excluir
  3. ADALBERTO PEREIRA LIMA9 de agosto de 2018 21:41

    MEU DEUS DO CÉU,COMO PODE O STELA MARIS FICAR NESSA SITUAÇÃO TÃO DEGRADA? QUEM É O RESPONSÁVEL POR TAMANHA MALDADE?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Onde estão os vereadores, ficais do povo, que não movem uma palha contra esse absurdo?

      Excluir
    2. A minha filha mais velha estudou aí vamos nos juntar e fazer uma limpeza plantar plantas vai ficar outra vez bonito como era vamos lá gente

      Excluir
    3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    4. Que pena!! Tão lindo!!

      Excluir
    5. Inacreditável ��������

      Excluir
    6. Natércia Basílio Gomes10 de agosto de 2018 20:02

      Quem te viu e quem te vê ,lamentável

      Excluir
    7. Lamentável mesmo. Poste mesmo Ana, quem não quiser ver , feche os olhos. É uma pena um Patrimônio destes se acabar assim.

      Excluir
    8. Diz o adágio popular que:"Cada povo tem o governo que merece". No caso, não se trata disso, mas sim parte da população omissa, acovardada e hipócrita que somente se posiciona quando "debaixo dos panos", Você está certíssimo,a e merece o reconhecimento de todos com o seu bravo ato de cidadania. Eu mesmo faço veladas críticas abertas, "sem medo e sem ódio" e não dou qualquer ousadia a quem quer que seja tentar o impedimento do que está completamente errado e merece ser criticado. Gostem ou não, precisam ouvir ou teremos que engolir todo esse absurdo calado, Será que alguém ainda tem a coragem de achar que esse posicionamento da Diocese de Afogados da Ingazeira está correto? Receberam o tradicional Colégio Stella Maris em perfeitas condições e deixaram que o tempo e a ausência de manutenção acabasse a maior parte da estrutura física, edificada com imensa dificuldade e pelas religiosas alemãs e a comunidade triunfense.Vou criticar mil vezes até resolverem tomar uma posição digna. Está na hora de parar esse "só venha nós". A mesma situação será o prédio do Colégio Monsenhor Sampaio sob a tutela da Igreja Católica. Era bem melhor repassar esses imóveis a quem tenha condição e interesse de manter, porque esses representantes demonstram claramente não ter qualquer vontade.São ótimos na arrecadação e péssimos na conservação. Deus está vendo....OBS. Acredito que até fui bloqueado em grupo relacionado ao Stella Maris devido aos meus questionamentos assumidos e sem preocupação de agradar ou não. Estou cheio de tanta hipocrisia neste Município.

      Excluir
    9. É lamentável o abandono !

      Excluir
    10. Que coisa triste ver o Stella Maris assim. Isso demonstra como a Diocese vem conservando o prédio quase centenário que as alemães ergueram e deixaram para a Igreja.

      Excluir
    11. A preocupação foi somente em não perder hóspedes, e não com o legado das freiras e a história de Triunfo.

      Excluir
    12. Lamentável...e revoltante...
      tamanho descaso!!
      Fechar as portas do Stella Maris, um Educandário de renome, educação por excelência...
      espaço de magnitude em formação de crianças e jovens, em toda a região de PE...foi, de fato um equívoco lastimável!! Um grande erro! Uma PERDA irreparável!!
      Triste vê-lo em ruínas... desabando... afogafo em matos e ervas daninhas, SEM qualquer ação de conservação humana!
      Urge e se impõe um movimento de protesto de toda sociedade triunfense, num ato público de mobilização de todos os triunfenses e ex-alunos de TODAS as regiões.
      VAMOS, unidos, dar NOSSO GRITO de alerta!!
      VAMOS, em coro, fazer ressoar nossas vozes e, uníssonas, fazer ECO e RESSONÂNCIA nos ouvidos surdos e olhos vendados daqueles que ora o administram!!
      VAMOS, cientes e conscientes do nosso DEVER de cidadãos, EXIGIR medidas urgentes e imediatas dos administradores e políticos triunfenses..., para um resgate ATIVO e URGENTE daquele espaço, com TODAS as condições fisicas e estruturais!!

      Excluir
    13. Eu também fiquei triste quando soube do fechamento do Stella Maris. Eu fui testemunha da vida austera das irmãs.... da dedicação.... E no fim esse patrimônio cair nas mãos de quem não fez nada...As irmãs quando chegaram foram generosas...achando que igreja seria também generosa.

      Excluir
  4. Luiz Gonçalves Lima9 de agosto de 2018 21:42

    quanta sacanagem...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Q saudade estudei aí

      Excluir
    2. Zilda Estima da Silva10 de agosto de 2018 11:29

      Que pena..

      Excluir
    3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    4. Muito triste...você falou na Diocese que não faz nada.Absurdo!!!

      Excluir
    5. Não recuperam porque não quer mas dinheiro tem que recebe todo mês da prefeitura um aluguel de cinco reais todo mês faça a conto de 12 meses para ve quanto junta em um ano mas deixar acabar desse jeito é crueldade ruindade mesmo da uma i indignação com coisas injusta afff isso é demaisss

      Excluir
    6. Ines Sueli Rodrigues10 de agosto de 2018 20:22

      Saudades desse lugar!
      Triste por vê tudo isso indo às ruínas!

      Excluir
    7. Aucimere Florentino10 de agosto de 2018 20:23

      Eu evito ir naquela rua. Faz uns 10 anos que estive lá e sai tão triste...são tantas lembranças boas é uma dor enorme em ver tudo sem uso e sem os cuidados que eram dedicados ao colégio...

      Excluir
    8. Maria José de Souza13 de agosto de 2018 10:21

      É uma pena q a situação tenha chegado a esse ponto.

      Excluir
  5. A população de nossa terra necessita reagir contra esses aproveitadores do que desprezam o que foi construído no passado com tanto sacrifício.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa muito triste e alarmante. Quem é o responsável pelo colégio hoje???

      Excluir
    2. Lembro-me certa data na festa dos estudantes, o time de voleibol (Triunfo) ganhou do time de Recife (Triunfense) comandado por Eduardo Pádua meu eterno professor de educação física, até hoje tenho a medalha.

      Excluir
    3. Nossa !
      Despertadas tantas lembranças com detalhes de cada lugarzinho desse ♥

      Excluir
  6. Essa é uma coisa imoral o que fizeram com o prédio do colégio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sofia e Sônia Irmãs10 de agosto de 2018 09:59

      Que tristeza! Meu Deus...

      Excluir
    2. Lamentável

      Excluir
    3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    4. Deveriam pelo menos pintar algumas partes com tinta cal.

      Excluir
    5. Arquimedes Magalhães10 de agosto de 2018 19:43

      Que triste, lembranças boas ao v este local, uma pena está nesta situação.

      Excluir
    6. Muito triste com esse descaso de um lugar que já nos proporcionou tantos momentos bons.

      Excluir
    7. um dia falando com uma pessoa inteligente veio me questionar que triunfo não tem faculdade por falta de espaço físico para atender aos alunos ?????????????

      Excluir
    8. Lamentável!!!!��

      Excluir
    9. Nossa, em imaginar que esse lugar era tão limpo, tão bem cuidado, um encanto e ver assim, desprezado, despedaça o coração de qualquer um dos que viu antigamente. ��

      Excluir
    10. Lamentável,so lembranças boas vividas ai

      Excluir
  7. Quem tive mais fotos que enviem ao pessoal do blog para que se confronte a diocese de afogados da ingazeira por essa sujeira toda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elizabeth Pereira de Carvalho10 de agosto de 2018 09:53

      O prefeito João Batista vai continuar sem tomar qualquer atitude manifestação em defesa do patrimônio que é triunfense e não da Diocese de Afogados da Ingazeira, que nada construiu no passado e sim a população junto às abnegadas freiras alemães.

      Excluir
    2. Rita De Cássia Azevedo10 de agosto de 2018 10:00

      Lamentável!
      Tenho boas lembranças desse lindo Colégio.

      Excluir
    3. Uma tristeza, vergonhoso até! Como dói ver esse descaso!

      Excluir
    4. Meu Deus.
      Quanto abandono.
      Triste estou.

      Excluir
    5. Lamentável!Nunca fizeram nada mesmo !!!

      Excluir
    6. :( Aperto no coração.

      Excluir
    7. Quanta lembrança boa tenho dessa quadra Ana!
      Era o local preferido na hora do recreio!
      Boas lembranças e zero de conservação desse local!

      Excluir
    8. George André da Silva10 de agosto de 2018 20:38

      Quantos jogos nessa quadra q saudades

      Excluir
    9. Era tudo de melhor essa quadra e v assim.....muito triste��������

      Excluir
    10. Robéria Vasconcelos10 de agosto de 2018 20:41

      Muito triste.

      Excluir
    11. Janelice Pereira dos Santos10 de agosto de 2018 20:42

      Que tristeza

      Excluir
    12. Carlos, vc está correto, se deixar depender da omissão do povo triunfense vai terminar se acabando mesmo.

      Excluir
    13. Parabéns Ferraz vc tá mais q certo. A diocese só que q mostre a parte q está preservada e sendo usada para auferir lucro e esconder a degradação do resto do prédio.

      Excluir
  8. Imoral o tratamento que esses religiosos estão dando à cidade. Também nada custou a eles, receberam das freiras quando o Stella Maris fechou e parece que estão fazendo questão de transformar em ruínas para apagar de vez da memória a passagem delas por aí.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que triste ver isso hoje antes era muito lindo e está em uma situação dessa

      Excluir
    2. Nossa que triste

      Excluir
    3. Quantas lembranças boas ,é muito triste ver desse jeito, quantos jogos disputamos nela.

      Excluir
    4. Daria uma linda faculdade pena que nao foi dado o devido valor��

      Excluir
    5. Eu mais uma vez tiro meu chapéu para o jornal opinião

      Excluir
    6. Não é um desserviço, é sobre tudo indignação com o que se vê atualmente e conhece como já foi o local.

      Excluir
    7. José Mário Pereira13 de agosto de 2018 10:00

      E onde está o poder público?

      Excluir
  9. REGINALDO ALVES DE SOUZA10 de agosto de 2018 14:10

    ENCONTRO-ME JUTO À TODA MINHA FAMÍLIA, QUE É NATURAL DE TRIUNFO E FOI EDUCADA NO COLÉGIO DAS FREIRAS, COMPLETAMENTE REVOLTADOS COM ESSA SITUAÇÃO DE ABANDONO IMPOSTA POR MEMBROS DA PRÓPRIA IGREJA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns Carlos Ferraz, pelos seus serviços prestados a querida Triunfo.

      Excluir
  10. Rosane Cybelle B.Aquino10 de agosto de 2018 19:48

    Eita quantas saudades . Jogamos muito aí . Que triste ver nessas condições .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E as fotos registradas não dizem nada?

      Excluir
    2. Marcos Antonio da Silva13 de agosto de 2018 10:04

      O Stella Maris é um cartão postal ímpar para Triunfo.

      Excluir
  11. É um absurdo ver um prédio de tão grande valor histórico para todos nós triunfenses entregue "as baratas ". As autoridades competentes do município e do Estado tem que tomar medidas sérias e no mínimo cobrar da diocese urgentes providências. Uma universidade se fosse criada no Stella Mariz seria de grande valor para Triunfo além de resgatar o conteúdo histórico e cultural do nosso querido Colégio. Fica aí a minha sugestão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carlos li toda a matéria e também os comentários, vejo como um abandono propositadamente pensado pelos seus atuais administradores, todos os triunfenses que por ali passaram, ou não, deviam se juntar pra agir e não deixar apagar uma história.

      Excluir
    2. Um despreparo e ignorância total! Só visualizam o umbigo e dinheiro!

      Excluir
  12. Não adianta só lamentar. Uma comissão formada pelo poderes executivo e legislativo e representantes da comunidade devem marcar audiência com a diocese. Urgente. Trata-se de um patrimônio da sociedade sertaneja.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O assunto é bastante polêmico. Estou de acordo com você e comentários.

      Excluir
    2. Teresinha Vasconcelos13 de agosto de 2018 20:23

      Quem tem que zelar é quem está no comando. O pessoal está correto em criticar e até comparar; contudo, se a administração pública der uma força, ficará mais fácil.( tbm a responsabilidade não é deles; se pensarem no valor histórico, com certeza, ajudarão.

      Excluir
  13. Maninho de netinha11 de agosto de 2018 21:05

    Um absurdo é inaceitável essa situação o Estella Maris nas mãos desses patifes gananciosos por dinheiro, disfarçados de religiosos.

    ResponderExcluir
  14. Carlos Ferraz como sempre pegando carona na polêmica.
    Mas vou aproveitar para dar minha opinião: Não adianta a gnt se empenhar tanto em restaurar o Stella Maris pra deixar pra Diocese. Estamos beneficiando quem nessa história?
    Sou mais ajudar o Lar Santa Elisabeth e as irmãs.
    E aposto que você não vai exibir este comentário.
    Antônio Ferreira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sempre tive coragem de tomar posições e para isso não preciso de carona. Publico sim, apesar de quem escrever como anônimo não merecer qualquer respeito. Esse Antonio Ferreira não convence, trata-se de disfarce.Nada disso chega a provocar-me pois estou habituado com pessoas contrárias a se debater com meu estilo. Passar bem....

      Excluir
    2. E vc pega carona sempre no anonimato, saia dessa e procure sair dessa situação de omissão que parece-me bem antiga. Não é difícil lhe identificar pela insistência no despeito. kkkkk Fica com Deus...

      Excluir
  15. Se o prédio e utilizado por a prefeitura para uso escolar o prefeito deveria manter este local juntamente com a diocese!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hiram De Castilho Campos13 de agosto de 2018 20:27

      A questão enfocada é muito mais séria do que se pode imaginar. Que coisa feia! Cabe prestação de contas à Sociedade Triunfense.

      Excluir
  16. Caro anônimo a Prefeitura paga aluguel e caro e apenas uma ala do Stella Maria. A obrigação da Prefeitura é simplesmente reivindicar junto a Diocese restauração da edificação do mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ano passado qdo estive em Triunfo coisa que faço todos os anos visitei o Colégio custei acreditar ao vê aquele cenário triste e deplorável um total abandono se não tomado medidas preventivas urgentes de restauração em pouco tempo teremos apenas lembranças do que foi tão bonito, tão atrativo sem falar do que foi culturalmente extremamente notório, é uma pena.

      Excluir
    2. Querem ver as.ruínas do fruto do trabalho daquelas pioneiras que tanto fizeram por Triunfo.Tristeza infinita.

      Excluir
  17. Williams Terto Carneiro13 de agosto de 2018 20:29

    Acerca do posicionamento do pároco de Triunfo sobre as fotos que incontestavelmente demonstram o Estado de abandono do Colégio Stella Maris, creio que após o mesmo afirmar que lá, são recebidos outros párocos, turistas, que serve como pousada, pergunto: o que faz a Diocese para a preservação de um patrimônio maravilhoso instalado na Cidade? Foram vendidas muitas terras que pertenciam ao Colégio e nenhuma reforma foi feita. Existem terras da Diocese ainda que fica acima do Loteamento São Vicente. Está esperando a Diocese que o poder público pague as despesas de recuperação. O teatro/auditório é alugado para qualquer evento e o dinheiro vai para onde? A Diocese tem o dever de preservar este patrimônio que é conhecido no Brasil inteiro e não dá desculpas esfarrapadas pela negligência. Isso acontece com praticamente todo conjunto de patrimônio da Igreja em todo o país. A Diocese, como administradora desses bens, tem que prerva-los e também não por em risco a integridade cultural do patrimônio. Sei que o que escrevo, será alvo de críticas sistemáticas mas pouco me importa. A Igreja tem a sua função e uma delas, é preservar seu acervo patrimonial.

    ResponderExcluir

Caro leitor, seja educado em seu comentário. O Blog Opinião reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório e ofensivo, como também os que contenham palavras de baixo calão. Solicitamos a gentileza de colocarem o nome e sobrenome mesmo quando escolherem a opção anônimo. Pedimos respeito pela opinião alheia, mesmo que não concordemos com tudo que se diz.
Agradecemos a sua participação!

NOSSOS LEITORES PELO MUNDO!